ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Jogo Aberto

Interação

Por Jogo Aberto | 01/03/2011 06:00

Servidores da Assembleia Legislativa estão entre os que ficaram mais sensibilizados com a morte da ex-deputada e conselheira TCE (Tribunal de Contas do Estado) Celina Jallad. É que ela conversava de igual para igual e tratava com carinho os funcionários da Casa.

Ao dar entrevista para a TV Assembleia sobre o falecimento de Celina Jallad, o presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), não conseguiu conter as lágrimas.

Celina Jallad foi a 1ª deputada a ser vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e também a 1ª conselheira do TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado), em 30 anos de existência da Corte.

Outra pioneira em MS é a vice-governadora Simone Tebet (PMDB). Ela foi a 1ª mulher a ser prefeita de Três Lagoas, a 1ª a ser vice-governadora e também a 1ª mulher a assumir (interinamente) o governo do Estado.

Reportagem da revista Veja conta que o pecuarista sul-mato-grossense José Carlos Bumlai tinha, no governo Lula, um privilégio sonegado à maioria dos ministros: acesso irrestrito ao gabinete presidencial. Na recepção, um cartaz com a foto de Bumlai informava que ele estava autorizado a entrar “em qualquer tempo e qualquer circunstância”.

Bumlai conheceu o Lula candidato, em 2002, por meio do ex-governador Zeca do PT, diz a reportagem. A amizade começou quando Bumlai cedeu uma de suas fazendas para a gravação do programa eleitoral de Lula.

No entanto, a Veja diz que a relação de Bumlai com o Governo teve problemas porque o pecuarista, supostamente, teria usado a influência e o acesso consentido ao Palácio do Planalto para fazer negócios privados.

O vereador de Porto Murtinho Edicarlos Lourenço (PR) é acusado de usar o programa de rádio que mantém no Paraguai para praticar crime de injúria e difamação. Gravação revela que ele chamava de “sapatão” uma ex-assessora de imprensa da Prefeitura.

“Ninguém aguentava ver mulher beijando mulher no meio da rua”. “O prefeito contrata um diabo de uma sapatão para infernizar ainda mais Porto Murtinho”. São duas das frases usadas pelo vereador.

O layout continua praticamente o mesmo, mas o Portal da Assembleia Legislativa passou na última semana por pequenas e importantes mudanças como a inclusão de links nas matérias para a publicação redes sociais como Facebook e Twitter. Além disso, o site voltou a publicar enquetes, que agora serão atualizadas semanalmente.