ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  17    CAMPO GRANDE 19º

Jogo Aberto

Juiz interroga bando que tentou roubar R$ 200 milhões

Por Marta Ferreira, Nyelder Rodrigues, Guilherme Correia e Gabriela Couto | 01/06/2021 06:00
Tunel escavado por quadrilha para levar quantia milionária de banco, em dezembro de 2019. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Tunel escavado por quadrilha para levar quantia milionária de banco, em dezembro de 2019. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Agenda – A Justiça tem audiências marcadas no final de junho e começo de julho para ouvir os réus pela tentativa de roubar valor milionário de prédio do Banco do Brasil em Campo Grande no dia 22 de dezembro de 2019. Com ares de crime “de cinema”, o episódio resultou na descoberta de quase três dezenas de envolvidos na escavação de túnel com objetivo de furtar R$ 200 milhões. Dois morreram no dia do ataque frustrado pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros).

Caso complexo – Foram abertos dois processos, um decorrente da ação que impediu o assalto e outro da segunda fase, quando os cabeças foram presos. Serão dois dias de sessões para ouvir todo mundo, em  29 de junho e 2 de julho, conforme agendado pelo magistrado responsável, Olivar Coneglian, da 2ª Vara Criminal de Campo Grande.

Homenagem – A Câmara de Vereadores de Campo Grande instituiu data para agradecer aos profissionais da saúde que atuaram na linha de frente contra a covid-19 . A data será celebrada anualmente no calendário oficial do município no dia 7 de abril, que também é “Dia Mundial da Saúde” no mundo todo.

Parceria - Durante coletiva nesta segunda-feira (31), o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, comentou que o governo do Estado pode ajudar Campo Grande a financiar novos leitos de terapia intensiva. Conforme boletim epidemiológico, não há leitos de UTI disponíveis na Capital e há pacientes sendo atendidos acima da capacidade, muito por conta do novo agravamento da pandemia.

À disposição - "Se Campo Grande quiser, e tiver condições, estamos abrindo aqui a parceria. Se houver onde abrir novos leitos em Campo Grande, Dr José Mauro e prefeito Marcos Trad, estamos aqui propondo essa parceria que já estamos fazendo - financiamento conjunto, 50% por parte do Estado e 50% por parte do município", afirmou.

Todos juntos - A prefeita de Naviraí, Rhaíza Matos (PSDB), se reuniu com prefeitos de cidades vizinhas e propôs ação conjunta entre os municípios de Naviraí, Eldorado, Juti e Itaquiraí para conter o avanço da covid-19 nessas localidades. Nas reuniões, feitas ontem pela manhã e à tarde, a prefeita também admitiu algo que já era claro e cristalino: toda vez que os prefeitos relaxam as regras, os números de covid-19 voltam a subir semanas depois.

Na pele – Rhaíza fala da perda para a doença com conhecimento de causa. O pai, Onevan de Matos, morreu aos 79 anos em decorrência das complicações trazidas pela infecção por coronavírus. Está para fazer sete meses do falecimento e a pandemia da doença ainda não parou de matar.

De mudança – Suplente de outra vítima da crise sanitária no mundo da política, o agora deputado estadual Amarildo Cruz disse tchau ontem à equipe coordenada por ele na Secretaria de Fazenda. Ele vai substituir José Almi, do PT, que morreu na semana massada.

Grato - O grupo chefiado pelo funcionário de carreira do fisco estadual é dedicado à educação fiscal. Cruz comentou que ficou no setor por dois anos e meio e lembrou como destaque nesse período a implantação do programa "Nota Premiada".

Memória - “O rádio vermelho parou de tocar. O silêncio invadiu a canção. Quem dançará por nós ? Quem nos convidará a aceitar a alegria como benção da vida? Paulinho, Paulinho do rádio, Paulinho da alegria! Vai com Deus, Paulinho !”. Assim o deputado Fabio Trad (PSD) despediu-se do personagem das ruas campo-grandenses levado pela covid-19.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário