A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/07/2015 06:00

Justiça leva oito anos para absolver ex-governador

Edivaldo Bitencourt

Debandada – Não só os médicos que estão deixando a Prefeitura de Campo Grande após a greve. Técnicos de enfermagem e enfermeiros também têm pedido demissão da rede municipal. A saúde ainda sofre com os pedidos de exoneração dos agentes comunitários e de endemias.

Pan – O vereador João Rocha (PSDB) tinha convite para integrar a equipe brasileira de judô nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. No entanto, o parlamentar não pode viajar em decorrência de problemas de saúde na família.

Cansado – O ex-governador e deputado federal Zeca do PT continua indignado com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Ele não se conforma com a demora na indicação dos novos chefes dos cargos federais no Estado. O petista está de olho na Fundação Nacional de Saúde.

Julgamento – Neste mês, após oito anos, Zeca do PT teve uma importante vitória na Justiça. Ele foi absolvido da acusação de improbidade administrativa no caso da improbidade administrativa. A sentença é do juiz Marcelo Ivo de Oliveira, que rejeitou pedido feito pelo MPE (Ministério Público Estadual).

Inocente – No entanto, a sentença não deve acabar com o tranquilidade do ex-governador. Zeca do PT é alvo, junto com agências de publicidade e servidores, de uma dezena de ações de improbidade administrativa. Ele já tinha conseguido trancar as ações por peculato referente ao mesmo caso.

Pesquisas – Apesar do recesso parlamentar, políticos estão a todo vapor promovendo pesquisas sobre a sucessão municipal. O principal objetivo é saber como o eleitor vai votar em Campo Grande após a cassação de Alcides Bernal e dos problemas da administração de Gilmar Olarte, ambos do PP.

Para constar – No dia 10 deste mês, a prefeitura publicou os planos diretores de mobilidade urbana, de transporte e de drenagem. Os estudos foram realizados em 2008 e estão defasados. No entanto, a publicação só foi ocorreu após recomendação do Ministério Público Estadual.

Exceção – Terror de Brasília, o procurador da República em Curitiba, Deltan Dallagnol, fez palestra em Campo Grande. Chamou a atenção que o único político participante do evento foi o vereador de Dourados, Elias Ishy (PT).

Reforma continua – O prefeito da Capital, Gilmar Olarte, ainda não concluiu a reforma no secretariado. Ele pode ser obrigado a buscar um novo nome para Fundação Municipal de Espoertes. O titular, José Amâncio da Mota, cogita sair para se dedicar à preparação da seleção brasileira de vôlei para os Jogos Olímpicos do Rio.

Exceção – Apesar da crise econômica da Capital, a prefeitura manteve as nomeações de aprovados nos concursos públicos. O secretário municipal de Administração, Wilson do Prado, explicou que eles vão substituir os servidores aposentados.

(colaboraram Antonio Marques e Leonardo Rocha)

Só praças estão presos por cobrar propina
Só praças – A investigação sobre o envolvimento de policiais militares com a “Máfia do Cigarro” indica que, por ora, não há oficiais entre os policia...
Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions