ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 23º

Jogo Aberto

Lama Asfáltica faz brotar novos inquéritos na PF

Por Marta Ferreira | 05/09/2020 07:00
Superintendente da Polícia Federal em MS, Marcelo Botelho (Foto: Silas Lima)
Superintendente da Polícia Federal em MS, Marcelo Botelho (Foto: Silas Lima)

Consequências – Embora já tenham sido concluídos e relatados à Justiça, e já transformados em uma dezena de processos, os inquéritos da operação Lama Asfáltica geraram novas apurações na Polícia Federal. São inquéritos que ainda estão em andamento.

Sigilosos – “Ainda há inquéritos sendo instruídos”, afirmou à coluna o recém-nomeado superintendente da Polícia Federal em MS, Marcelo Botelho, sem detalhar, atendendo a praxe da força policial enquanto ainda investiga. São apurações derivadas da ação, diante da descoberta de outros ilícitos no curso dos trabalhos iniciados em 2015.

Histórica – Botelho, que já atuou em Mato Grosso do Sul anteriormente, traduz a Lama Asfáltica como “emblemática”, ao revelar forte esquema criminoso com dinheiro público, que chegou a levar para a cadeia pesos pesados da política estadual como o ex-governador André Puccinelli.

Foco – O superintendente, em entrevista publicada pelo Campo Grande News, definiu a facção PCC como um mal a ser enfrentado com rigor em sua gestão. Para ele, é preciso agir com força contra as lideranças, que, avalia, no Estado ainda são muito mais fortes dentro dos presídios do que fora.

Contenção – O delegado diz que é preciso enfraquecer a estrutura da máfia espalhada pelo país também pra proteger a juventude das periferias da influência exercida pelo PCC nas periferias.

Reforço – Mesmo não sendo candidato o deputado estadual, Carlos Alberto David (sem partido) está investindo pesado em assessoria de imprensa. Nos últimos dois meses, ele tirou das redações de Campo Grande pelo menos dois jornalistas para fazer parte do staff.

Igual todo mundo – Assim como tem feito muitos famosos durante a pandemia, políticos tem aparecido nas redes sociais em suas rotinas caseiras. O senador Nelsinho Trad (PSD) publicou nesta semana cena prosaica, fazendo janta em casa.

Cardápio – Nelsinho disse que cozinhar o fazia lembrar dos tempos de estudante no Rio de Janeiro. Ele mostrou o antes e depois de um tradicional arroz com bife.

Vítima – Pré-candidato a prefeito de Campo Grande, Esacheu Nascimento (Progressistas) sofreu tentativa de clonagem do WhatsApp nessa quinta-feira (3). Golpistas se passaram por representantes de instituto de pesquisa para obter dados pessoais e acesso ao aplicativo de mensagens do político.

 Alerta – “Esses indivíduos fingem que representam alguma entidade conhecida, passam uma conversa convincente e ao final pedem um código enviado por mensagem SMS ao nosso telefone”, declarou Esacheu. Depois, recomendou que nunca se deve fornecer esses códigos eu assinalou que não autoriza qualquer pedido em seu nome.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário