A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/08/2013 06:00

Ligação com Bernal faz senador gaguejar

Edivaldo Bitencourt

Gaguejou – A ligação com o prefeito Alcides Bernal (PP) incomoda o senador Delcídio do Amaral (PT), pré-candidato do partido ao Governo em 2014. Apesar de garantir que não haverá estragos, o petista chega a gaguejar quando é questionado sobre os reflexos da aliança feita no ano passado.

Pesquisas – Delcídio garante que pesquisas atestam que a população não o vincula diretamente ao prefeito. Como a administração progressista não vai bem, o senador encomendou pesquisa de opinião, que atestaram a desvinculação com o prefeito. Agora, resta saber se as pesquisas vão continuar em vigor até lá.

Desinformado – O vereador Cazuja (PP) tentou defender o secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, que está de malas prontas para viajar para Cuba enquanto a população sofre com o caos na rede pública. “É mentira, ele não vai viajar”, afirmou e reafirmou. Bastou Chiquinho Telles (PSD) mostrar cópia do Diário Oficial autorizando a viagem, para Cazuza mudar de assunto.

O milagre – O ministro da Pesca, Marcelo Crivella, recorreu a bíblia para defender investimento na sua pasta. Ele disse que o milagre da multiplicação ocorreu com peixe e não com carne vermelha, brincou. Ele se referiu ao milagre de Jesus, quando alimentou 5 mil pessoas com dois pães e cinco peixes.

Bom, nem tanto – O governador André Puccinelli (PMDB) não gostou muito da proposta da União para solucionar o conflito indígena no Estado. Ele disse que a parceria com a presidente Dilma Rousseff (PT) vai bem, menos na questão indígena, que vem tirando o sono do governador.

Infeliz – Continua fazendo barulho nas hostes peemedebistas a declaração do presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB). Ele defendeu apoio à candidatura de Delcídio. O secretário estadual de Habitação, Carlos Marun, achou que a declaração foi feita em um momento inoportuno e infeliz.

Cotado – Jerson continua cotado para assumir uma vaga no Tribunal de Contas do Estado. A cada dia, ganha força de que a indicação deve ocorrer ainda neste ano. A ida de Domingos abre a vaga de suplente para o presidente da Agepan, Youssiff Domingos (PMDB). E tucano Rinaldo Modesto passa a dormir mais tranquilo, já que seria efetivado como deputado estadual.

Demora – A Justiça deu prazo de 72 horas para a prefeitura se manifestar sobre a ação que pede a demissão do procurador-geral do Município, Luiz Carlos Santini. No entanto, o Poder Judiciário levou uma semana para notificar o município. O prazo para o prefeito Alcides Bernal (PP) se manifestar começou a contar somente ontem.

Irritação – Santini ficou constrangido, ontem à tarde, audiência da CPI do Calote, na Câmara Municipal de Campo Grande. Logo após ser notificado por um oficial de Justiça, ele começou a explicar que não tinha nada a ver com a ação por violar a quarentena, movida pela OAB/MS e Ministério Público Estadual.

Clima quente – O secretário municipal de Planejamento, Wanderley Bem Hur, debochou, literalmente, dos vereadores durante depoimento da CPI do Calote. Ele disse que o termo fantasma com a Salute, não foi bem usado. E ainda disse que o prefeito atual corrigiu erros de 20 anos no contrato do lixo.

(Colaboraram Zemil Rocha, Lidiane Kober, Jéssica Benitez e Leonardo Rocha)

 

Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...


caro edivaldo, o senador tem que botar as barbas de molho, pois a dobradinha
com bernal é furada pois o prefeito é um reizinho e não ajuda ninguem para tanto
veja o problema da saude e educação , não me admiro se ficarmos se m a coleta
de lixo tambem.
abs chico espindola
 
francisco espindola em 11/08/2013 17:59:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions