A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/02/2015 07:00

Lista da Lava Jato não tira o sono de Vander Loubet

Edivaldo Bitencourt

Na base – O PMDB não deve abandonar o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP). Apesar de o partido lançar candidato próprio em 2016, a maioria dos vereadores querem permanecer na base aliada.

Líder – Além de integrar a administração municipal, o PMDB tem o cargo de líder do prefeito. Edil Albuquerque, o líder, não é o único a defender a permanência na base. Dos sete vereadores, seis são contra ir para a oposição.

Ação – A empresa Compensados Santin foi acionada na Justiça pelo Governo do Estado. Ação pede a devolução de R$ 353,4 mil aos cofres do Estado. Esta é a primeira medida concreta para reaver parte do dinheiro desviado por meio da farra na Secretaria de Educação.

Reação – O ex-governador André Puccinelli (PMDB) chamou a ex-secretária de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa, e recomendou resposta imediata no caso das denúncias de irregularidades na pasta. Ele determinou que não fique qualquer dúvida sobre a conduta dos gestores no seu mandato.

Dia – O procurador geral da República, Rodrigo Janot, não revelou ontem, como era esperado, a relação dos políticos com foro privilegiado envolvidos no escândalo da Petrobras. O clima segue tenso em Brasília. A divulgação pode acontecer a qualquer dia.

Sono dos anjos – O deputado federal Vander Loubet (PT) disse que não está preocupado com a lista de parlamentares que serão investigados no Supremo Tribunal Federal. Ao contrário do que alguns suspeitam, o petista garante que seu nome não estará na lista da Operação Lava Jato.

No aguardo – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aguarda a decisão da justiça sobre o processo do ex-deputado Antônio Carlos Arroyo, em relação a sua vaga de conselheiro do tribunal de contas. “Só depois nós iremos se manifestar”. Ele garante que ainda não pensou em nomes para indicar ao TCE, caso Arroyo não possa ficar com a vaga.

Impossível - O secretário estadual de Administração, Carlos Alberto Assis, que já teve varias ações na área de esporte, afirmou que o Estádio Morenão precisa criar condições para atrair “consumidores”. Uma saída para a revitalização do espaço é a construção de um shopping ao lado de praças esportivas. “Só assim para ter utilidade durante todo o ano”, destacou.

Só uma função – O presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), elogiou os trabalhos do deputado estadual Márcio Fernandes (PTdoB) na área de esporte. No entanto, ele brincou com o “excesso” do parlamentar. Em função da “protuberância”, segundo o peemedebista, Márcio não joga como antes e fica parado “na banheira” durante as partidas de futebol.

Sem partido – A decisão da Câmara dos Deputados, de limitar a criação de novos partidos, pode complicar a situação de pré-candidatos em Mato Grosso do Sul. A janela é a esperança dos pré-candidatos, como Marquinhos Trad, garantir uma legenda para disputar a prefeitura em 2016.

(colaboraram Kleber Clajus, Leonardo Rocha e Juliene Katayama)

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


Isso nós vamos ver...!
 
Barbarossa em 28/02/2015 10:06:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions