A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/12/2018 06:00

Luta de mulheres indígenas vai parar nas páginas de revista

Anahi Zurutuza, Humberto Marques, Ângela Kempfer e Adriano Fernandes

Corte – O MDB, que estava sob o comando do ex-governador André Puccinelli até a prisão dele em 20 de julho, decidiu enxugar gastos depois da campanha eleitoral tumultuada deste ano. Vários funcionários foram demitidos, conforme apurou o Campo Grande News para a coluna.

Reestruturação – Querendo ou não, a prisão de Puccinelli desestabilizou o partido em Mato Grosso do Sul, que de certa forma também perdeu força política. Lideranças esperam reunião com o ex-governador para reerguer a legenda no Estado.

Então é Natal – Depois de 5 meses presos, Puccinelli e o filho dele, o advogado André Puccinelli Júnior, vão poder cear nesta noite com a família.

Reviravolta? – Já para outros alvos da Operação Lama Asfáltica a véspera de Natal será na cela 17 do Centro de Triagem Anízio Lima mesmo. Isso se o STF (Supremo Tribunal Federal) não decidir, durante o recesso forense, se liberta o empresário João Alberto Krampe Amorim dos Santos e o ex-deputado federal Edson Giroto.

No STF – A última petição feita pela defesa de Giroto foi remetido à Presidência do Supremo na sexta-feira (21). Advogados pedem que a Corte julgue com urgência pedido de liberdade do ex-deputado e outros quatro investigados, mesmo durante a “folga” dos ministros. Pode ser que o plantonista analise. Mas na véspera do Natal. Será?

MS na Claudia – A luta das indígenas Guarani-Kaiowá e Ñandeva de Mato Grosso do Sul foi parar nas página da Claudia, revista voltada para o público feminino de circulação nacional.

Demarcações – A longa reportagem retrata a organização das mulheres para reivindicar suas terras. “Através da fala forte, asseguram a existência de seu povo e de sua cultura”, diz a introdução da matéria.

Denúncia – O vereador André Salineiro quer a reimpressão de boletos de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) ao denunciar cobranças indevidas de contribuintes que têm crédito da Taxa do Lixo junto a Prefeitura a serem descontados no imposto.

Alerta – Segundo o parlamentar, o crédito está sendo deduzido do valor bruto do imposto e não do valor já com o desconto de 20%. Já recebeu seu boleto? Confira e faça os cálculos, recomenda o Salineiro. O valor do IPTU pode ser contestado em recurso por qualquer cidadão. 

Policial galã – Pose de policial municipal durante ocorrência neste domingo (23) não passou despercebida. Para foto, em pé e ao lado de um preso que é mantido deitado de bruços no chão, o agente modelou, digamos assim.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions