A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/10/2017 06:00

MS cumpre "regra de ouro" na finança pública

Marta Ferreira

Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas correntes, aquelas de todo mês, contraindo crédito. Pois um levantamento mostra que MS é, junto com Alagoas e Goiás, um dos três estados em melhor situação nesse quesito.

Percentual baixo – Levantamento do economista e consultor do Senado Federal Leonardo Ribero, citado pelo jornal Valor Econômico, mostra que os estados citados tem operações de crédito abaixo de 2% capital (investimentos, inversões financeiras e amortizações da dívida). Isso coloca essas administrações, em um tempo de crise geral, em situação mais confortável do que estados como o Rio de Janeiro, que não consegue nem pagar salários.

Prevista na lei – Essa regra das finanças públicas está no texto da Constituição de 1988. O objetivo dos constituintes, à época, foi impedir o endividamento irresponsável dos Estados. Apesar de estar na lei máxima brasileira, nem sempre vem sendo cumprida.

Assunto quente– O governador Reinaldo Azambuja informou esta semana que quer discutir logo a mudança na previdência estadual, já que o projeto parou no âmbito federal. Embora tenham vetado regime de urgência para o assunto, os deputados estaduais já iniciaram o debate sobre o assunto, que promete agitar os próximos meses.

Revirar o baú - O deputado Paulo Correa (PR) disse que a eventual discussão poderá trazer à tona maus negócios feitos no passado. Ele citou o finado Previsul, que depois se tornou Ageprev, que chegou até a entrar em empreendimentos habitacionais, além de bancar também o atendimento de saúde dos servidores.

Modernização – Para o peemedebista Eduardo Rocha é, também, a chance de ajustar questões que estão ultrapassadas no atual modelo. "Tem gente que com 52 anos já está aposentada ou até antes disto e ainda pode contribuir muito com trabalho, por isso será um debate maior, com tramitação normal na Assembleia, pois é algo necessário que tem que se fazer", argumenta.

Descontraído – No Dia das Crianças, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), vestiu-se de forma informal para uma ação social que levou brinquedos a crianças do Jardim Noroeste e Moreninhas. Foi de bermudas, tênis e camiseta.

Recado – Para bom observador, o visual do prefeito tinha, além da descontração, uma mensagem de prevenção aos homems. A camiseta estampava uma campanha da Movember Foundation, entidade mundial que faz alerta sobre o câncer de testículo. A doença, que acomete principalmente homens entre 20 e 40 anos, atinge 8 mil pessoas por ano.

Manoel passeador - Enquanto não ganha um lugar definitivo, a estátua do poeta Manoel de Barros está perambulando. Depois de ficar num galpão fechado, já foi colocada no show de lançamento da música dos 40 anos de Mato Grosso do Sul, seguiu para o Marco (Museu de Arte Contemporânea) e foi colocada no Parque das Nações Indígenas para o show de comemoração ao aniversário de MS. Muitos aproveitaram para fazer fotos.

Manoel declamado - No palco do show, o secretário de Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athayde Nery, citou o poeta, antes das apresentações. Escolheu um dos vários poemas de Manoel que citam o sabiá.

No telão - O governador Reinaldo Azambuja não foi ao evento, que teve show de Almir Sater e vários outros músicos regionals no dia 11, data de nascimento de MS. A mensagem dele para a data apareceu num telão.

(Com Leonardo Rocha)

MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...
Dois anos após "febre", Uber perde motoristas
Debandada – Quase dois anos depois de chegar a Campo Grande, e depois de muita polêmica, a plataforma de transporte por aplicativo mais conhecida, a ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions