A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


08/06/2013 07:00

MS no "Sai de Baixo"

.

Guri - Irritado com “gracinhas” de fazendeiros, o advogado dos índios terena, Luiz Henrique Eloy, usou o Facebook para mandar recado para os ruralistas. “Eles questionaram se esse ‘menino terena’, que se diz advogado tem OAB? Respondo: - Tenho sim. E, consegui com muito esforço. O número é 15.440 OAB/MS”.

Militante - Luiz tem cara de menino mesmo e além de advogar em defesa dos índios que invadiram a Fazenda Buriti, é militante fervoroso. Usa a mídia social para levantar a bandeira da demarcação sem constrangimento ou qualquer pudor.

Desconforto - Ir ao cinema nas últimas sessões exige uma paciência danada na saída. A fila que se forma para pagar o estacionamento é gigante. Só um caixa funciona e o tal atendimento automático, que deveria facilitar as coisas, está sempre fora do ar.

Inimigos - O presidente do Sisem, Marcos Tabosa, ganhou na queda de braço com o prefeito, que apoiou a oposição nas últimas eleições, e agora compra outra briga com Alcides Bernal.

Calote - Cobra R$ 450 mil da prefeitura, referentes a repasse atrasado ao sindicato. A entidade não recebe desde abril, o que na avaliação do presidente do Sindicato dos servidores e funcionários municipais de Campo Grande é pura retaliação política.

Abandonados - O Grupo Pão de Açúcar, que já tem investimento em Campo Grande em andamento, até gostaria de trazer mais três supermercados para a cidade, mas não consegue reunião com ninguém da prefeitura para discutir incentivo fiscal.

Exagerado - A volta do programa “Sai de Baixo”, em episódios inéditos no Canal Viva, terá na estreia uma menção a Mato Grosso do Sul. Ao falar de Aracy Balabanian, Miguel Falabella - na pele de Caco Antibes, lembrou que a atriz nasceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul e foi criada ao lado de capivaras e seriemas.

Ar condicionado - Enquando os fazendeiros desfilavam em cavalos de raça, caminhonetes e carros importados na Afonso Pena, a passeata dos trabalhadores sem terra e operários da construção civil, ontem em Campo Grande, só tinha moto Titan.

Alto padrão - Até o lugar escolhido para a concentração dos ruralistas diz muito sobre as diferenças sociais na briga contra quem defende os índios. O grupo saiu dos Altos da Avenida Afonso Pena, enquanto que os trabalhadores se encontraram no Centro.

 

 

Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...
Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...



Se alguém conseguir cuidar da lida de fazenda com moto Titan e violão, ensine aos produtores então.
 
Miguel Angelo em 08/06/2013 12:05:50
Podem dizer o que quizerem, mas de verdade o melhor sistema de governo é o CAPITALISMO manda quem pode e obedece quem tem juízo , o resto é balela, UTOPIA, desgoverno ,já está mais que provado.
 
juraci montanha em 08/06/2013 07:47:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions