A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/02/2017 06:00

Mudança geral em cargos estratégicos da Segurança

Waldemar Gonçalves

Greve? – Mal foi oficializado no posto de comandante-geral da Polícia Militar, o coronel Waldir Ribeiro Acosta já terá a tarefa de negociar a reforma salarial da tropa para o mês de abril. Inspirada pelos colegas capixabas, ala da Associação de Cabos e Soldados Sul-Mato-Grossense fala até em greve caso não sejam revisados dissídios e promoções prometidos pelo comando anterior.

Mexendo na cúpula – O secretário estadual da Segurança Pública, José Carlos Barbosa, também adiantou que Acosta fará "dança das cadeiras”. Até o dia 16, seu substituto no Comando de Policiamento Metropolitano, responsável por Campo Grande, será escolhido, mexendo em toda a cúpula da Polícia Militar.

Onda de mudanças – Batalhões especializados, como Choque e Bope, também deverão ter as chefias substituidas, em onda de mudanças na segurança do Estado iniciada no início deste mês. "Vamos analisar tudo com calma, na hora certa apresentaremos os nomes", disse Barbosa, referindo-se aos postos vagos no CPM e superintendência da Sejusp.

Quem? – Este último, diga-se, demanda urgência na pasta de Barbosa. Com a saída do coronel aposentado Deusdete Souza de Oliveira Filho, envolvido em suspeita de desvios de até R$ 17 milhões quando chefiou a Agepen, agência do sistema penitenciário, reuniões em caráter emergencial avaliam quem representará Mato Grosso do Sul em encontros com estados vizinhos e reuniões com o Governo Federal para uso das Forças Armadas nos presídios.

Falta de nomes – Por absoluta falta de nomes de confiança, o secretário manteve o PM à frente de dois projetos considerados essenciais pelo poder estadual. Mesmo com sua carta de exoneração assinada há mais de 20 dias.

Nepotismo disfarçado – Não é apenas o endereço que a família Oyadomari tem em comum. Eles estão juntos também no serviço público, mais precisamente na Prefeitura de Campo Grande.

Cargo para todos – O “programa cargo para todos” começa pela secretária municipal de Administração, Evelyse Ferreira Oyadomari. O marido dela, Jairo Norikasu Oyadomari, tem cargo de supervisor executivo no gabinete do prefeito, Marquinhos Trad (PSD). Já o filho, Alexandre Tibana Oyadomari, ganhou vaga de assessor governamental na Secretaria Municipal de Educação.

Missa para Marisa – Nesta quinta-feira (9), às 19h, haverá missa de sétimo dia em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia. Será na Igreja Perpétuo Socorro. Iniciativa do diretório do Partido dos Trabalhadores em Campo Grande.

Tereza com Temer – Deputada federal por Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina (PSB) foi apresentada ontem ao presidente Michel Temer (PMDB) como líder do partido na Câmara dos Deputados. O ato no Palácio do Planalto contou com a presença de toda a cúpula nacional do PSB.

Contra a reforma – Os pessebistas disseram no encontro que estão em desacordo com pontos da reforma da Previdência. Defendem a manutenção da aposentadoria rural e da indexação das pensões ao reajuste do salário mínimo.

(com Rafael Ribeiro e Paulo Nonato de Souza)

Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...
Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions