A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/01/2015 07:00

Na frente de governador, deputado se acha alvo de holofotes

Edivaldo Bitencourt

Solidária – A primeira-dama Fátima Azambuja passou um sufoco, ontem à tarde, no auditório do Centro de Convenções. Como o ar condicionado não deu conta, ela passou um calor tremendo. No entanto, em solidariedade ao marido, Reinaldo Azambuja (PSDB), ela agüentou firme e não tirou o blazer.

Baixo – O Governo olha com atenção os números de alunos na rede estadual. Com a municipalização do ensino fundamental, as escolas estaduais estão com um percentual baixo de estudantes por professor: 12 por um.

Número 13 – Durante discurso no evento com prefeitos, Reinaldo arrancou gargalhadas do chefe do município de Corumbá, Paulo Duarte (PT). Ele dizia que tinha reduzido o número de secretarias para 13, mesmo número do partido adversário. Ao ver a gozação petista, ele emendou: “foi em homenagem a nossos amigos”.

Elogios – O secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, tem sido muito elogiado pelos prefeitos. Segundo o governador, a popularidade do chefe do tesouro estadual está elevada, o que significa que ele vem abrindo o cofre. “Se continuar assim, é melhor te demitir”, brincou o tucano.

Papagaio – O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) ficou todo feliz ao se sentir alvo dos fotógrafos durante evento no Centro de Convenções. No entanto, ficou sem graça, quando fotógrafo pediu a gentileza para ele sair da frente do governador Reinaldo Azambuja.

Exercício – Quem deseja conversar com o prefeito Gilmar Olarte (PP) ou falar com um secretário no Paço Municipal deve ir preparado para fazer exercício. Como o elevador está em manutenção, o cidadão só chega a algum lugar subindo e descendo escadas.

Proposital – A primeira-dama Andréia Olarte é que não tem gostado nada de ver o jurássico elevador em “manutenção eterna”. No entanto, ela vem dizendo aos descontentes que o exercício é bom para a saúde.

Doações – Andréia vem buscando junto aos empresários doações para reformar os Centros Regionais de Assistência Social. São 19 prédios na Capital. Ele disse que o trabalho é fazer as obras de “grão em grão”. “Uns participam doando tinta, lâmpada e assim já temos três deles prontos para atender, a partir de fevereiro, crianças, adolescentes e idosos”, contou.

Missão impossível – Encontrar o 13º secretário não está sendo uma tarefa fácil para o governador Reinaldo Azambuja. O presidente da Aprosoja, Maurício Saito, pediu mais tempo para responder. A pasta já foi recusada por dois pretendentes: Márcio Fernandes e Ademar Silva Júnior.

Esperança – Otimista, o chefe da Casa Civil, Sérgio de Paula, acredita que Saito vai aceitar a missão. O tempo, na sua avaliação, foi pedido para que o novo secretário se desligue da entidade e organize os negócios para assumir um cargo no Governo tucano.

(colaboraram Kleber Clajus, Juliene Katayama e Marcos Ermínio)

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions