A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/01/2015 07:00

Na frente de governador, deputado se acha alvo de holofotes

Edivaldo Bitencourt

Solidária – A primeira-dama Fátima Azambuja passou um sufoco, ontem à tarde, no auditório do Centro de Convenções. Como o ar condicionado não deu conta, ela passou um calor tremendo. No entanto, em solidariedade ao marido, Reinaldo Azambuja (PSDB), ela agüentou firme e não tirou o blazer.

Baixo – O Governo olha com atenção os números de alunos na rede estadual. Com a municipalização do ensino fundamental, as escolas estaduais estão com um percentual baixo de estudantes por professor: 12 por um.

Número 13 – Durante discurso no evento com prefeitos, Reinaldo arrancou gargalhadas do chefe do município de Corumbá, Paulo Duarte (PT). Ele dizia que tinha reduzido o número de secretarias para 13, mesmo número do partido adversário. Ao ver a gozação petista, ele emendou: “foi em homenagem a nossos amigos”.

Elogios – O secretário de Fazenda, Márcio Monteiro, tem sido muito elogiado pelos prefeitos. Segundo o governador, a popularidade do chefe do tesouro estadual está elevada, o que significa que ele vem abrindo o cofre. “Se continuar assim, é melhor te demitir”, brincou o tucano.

Papagaio – O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) ficou todo feliz ao se sentir alvo dos fotógrafos durante evento no Centro de Convenções. No entanto, ficou sem graça, quando fotógrafo pediu a gentileza para ele sair da frente do governador Reinaldo Azambuja.

Exercício – Quem deseja conversar com o prefeito Gilmar Olarte (PP) ou falar com um secretário no Paço Municipal deve ir preparado para fazer exercício. Como o elevador está em manutenção, o cidadão só chega a algum lugar subindo e descendo escadas.

Proposital – A primeira-dama Andréia Olarte é que não tem gostado nada de ver o jurássico elevador em “manutenção eterna”. No entanto, ela vem dizendo aos descontentes que o exercício é bom para a saúde.

Doações – Andréia vem buscando junto aos empresários doações para reformar os Centros Regionais de Assistência Social. São 19 prédios na Capital. Ele disse que o trabalho é fazer as obras de “grão em grão”. “Uns participam doando tinta, lâmpada e assim já temos três deles prontos para atender, a partir de fevereiro, crianças, adolescentes e idosos”, contou.

Missão impossível – Encontrar o 13º secretário não está sendo uma tarefa fácil para o governador Reinaldo Azambuja. O presidente da Aprosoja, Maurício Saito, pediu mais tempo para responder. A pasta já foi recusada por dois pretendentes: Márcio Fernandes e Ademar Silva Júnior.

Esperança – Otimista, o chefe da Casa Civil, Sérgio de Paula, acredita que Saito vai aceitar a missão. O tempo, na sua avaliação, foi pedido para que o novo secretário se desligue da entidade e organize os negócios para assumir um cargo no Governo tucano.

(colaboraram Kleber Clajus, Juliene Katayama e Marcos Ermínio)

"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...
Bonito quer bombar com shows gringos no Carnaval
Bombando - Empresários estão investindo pesado no Carnaval de Bonito 2018. Além da celebridade internacional Paris Hilton, uma das atrações em negoci...
Fábrica planeja investimento de meio bilhão em porto
Projeto ambicioso – Depois de inaugurar mais uma unidade em Três Lagoas, ampliando a produção de celulose, a Fibria negocia com a ampliação da estrut...
MS cumpre "regra de ouro" na finança pública
Melhor que os outros – Existe uma máxima em finanças públicas de que os governos, para não cair em estado de insolvência, não devem custear despesas ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions