A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/05/2019 06:00

Nem festa junina escapa da crise econômica

Thailla Torres e Leonardo Rocha

Água na fogueira – Até festas juninas tradicionais de Campo Grande foram afetadas pela crise. A da Uniderp já miou há bastante tempo e agora, pelo terceiro ano, o Fórum cancelou a comemoração junina por falta de dinheiro. A última edição foi em 2016. A organização se reuniu e decidiu suspender novamente por causa dos custos para montar e alugar estruturas.

Pantanal na frente - Seguindo os passos do Rio de Janeiro, 1ª cidade a adotar a medida, Corumbá acaba de proibir a comercialização de canudos e copos plásticos. A lei 2.674/2019 publicada no Diário Oficial de Corumbá, nesta semana, prevê multa de até R$ 1 mil, em casos de reincidências. Promulgada pela Câmara de Vereadores, o texto obriga a substituição dos plásticos disponíveis ao consumidor, por materiais biodegradáveis, no prazo de até seis meses.

Covardes - Ao comentar sobre o projeto de lei em que só deputados podem usar a tribuna, o deputado Lídio Lopes (Patri) disse que a ideia surgiu de vários deputados, mas que alguns colegas não quiseram assinar com temor da "repercussão negativa" que a matéria poderia trazer. "Faltou coragem para alguns, mas se trata de uma organização e não de censura".

Sem platéia - Lídio admitiu que, em muitos casos, quando o uso da tribuna é feito em temas diversos, nem o deputado que pediu a fala para a entidade, fica para ouvir as declarações. "Já vi vários casos que nem o parlamentar ficou para ouvir. Quando o assunto não é prioritário, muitas vezes ficam dois ou três (deputados) apenas escutando".

Danos morais - O deputado Pedro Kemp (PT) comemorou muito a decisão da Justiça de anular os resultados da CPI do CIMI, concluída há 4 anos na Assembleia Legislativa. Agora, segundo ele, alguns integrantes do Conselho Indigenista Missionário estão até estudando se vão pedir indenizações, por serem citados na investigação. "Teve que pessoas que se sentiram prejudicadas e difamadas", justifica o petista.

Novo capítulo - Os deputados voltaram ao impasse sobre votar projetos antigos, de outras legislaturas. João Henrique Catan (PR) reinterou que estas propostas devem ser arquivadas, seguindo o que diz o regimento. Já alguns colegas alegam que, como o autor do projeto se reelegeu, a matéria pode ser votada. Desta vez, a segunda versão prevaleceu e foi votada a matéria de José Almi (PT), que tratava de destinação de recursos de saúde.

Derrotado - A alegria do petista foi passageira, já que mesmo colocando seu projeto antigo para votar, ele viu a matéria ser rejeitada por 11 a 10. O projeto tinha intenção de responsabilizar o secretário de Fazenda, caso houvesse atraso ou erro no repasse de recursos de saúde, que vinham do âmbito federal.

Padrinhos - O Prefeito Marquinhos Trad assina homem Lei e o Decreto que regulamenta a Lei ‘Parceiros do Esporte e da Cultura’, aprovada pela Câmara Municipal. A ideia é encontrar padrinhos entre pessoas físicas e jurídicas para bancar ações de esporte, lazer e cultura. 

Plaquinhas - Como nas praças e canteiros da cidade, a contrapartida a quem participar aderindo ao programa é espaço para veicular publicidade e realizar divulgação nas sedes dos projetos atendidos ou competições, conforme modelo e espaço previamente definidos.

 

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions