A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


05/02/2019 06:00

No lugar da paz, polícias andam arrumando confusão

Ângela Kempfer

Comercialinos – Primos, o prefeito Marquinhos Trad e o ministro Luiz Henrique Mandetta foram ao Morenão para assistir ao tradicional Comerário neste domingo (4). O senador Nelsinho Trad, sempre presente nas arquibancadas, não pode acompanhar a partida porque estava em Brasília (DF) envolvido com eleição da mesa diretora do Senado.

Ligado - Mas segundo o presidente do Colorado, Valter Mangini, apesar da distância, Nelsinho Trad continuou atento ao que acontecia na Capital com o time do coração, o Comercial. “Ele me ligou, disse ‘poxa, não foi dessa vez’”, contou Mangini sobre a derrota por 3x1.

Queda de braço – Pegou mal a briga entre Polícia Municipal e Polícia Militar no fim de semana. A impressão é que quem tinha de preservar a paz, tem ajudado a arrumar muita confusão. Gravações de conversas em Whatsapp deixaram claro o tamanho da desavença entre as corporações. Antes, a briga era só entre PM e Polícia Civil.

Bate-boca - Enquanto os militares dizem que o guarda municipal sumiu com bicicleta furtada, os servidores municipais reclamam que coronel da PM, pai de um dos adolescentes vítimas do furto, apareceu à paisana para tirar satisfação exaltadíssimo, sem a menor postura.

Aguardar – Segundo o secretário de Meio Ambiente de MS, Jaime Verruck, as análises nas barragens do Estado continuam sendo feitas e só mesmo depois de 15 dias o governo estadual vai conseguir definir quais medidas serão adotadas. “Estamos também acompanhando muito do que o governo federal está fazendo sobre vistorias”.

Durante a posse - O presidente da Junta Comercial de MS, César Augusto Ferreira, afirmou que, quando assumiu o primeiro mandato, em 2015, ouviu do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que “nada é tão bom que não possa melhorar” e tentou adotar em sua gestão o conceito. Citou, como exemplo, a simplificação para abertura e fechamento de empresas – objeto do órgão -, que agora pode ser feito de forma digital.

Sempre – O chefe do Executivo complementou que esta “tem de ser a tônica sempre”, afirmando que há sempre o que melhorar. E, por isso, os governos precisam se atualizar, afirmou ao citar a digitalização do setor essencial para o crescimento do Estado.

Eco – A eleição para a presidência do Senado continuou a repercutir ontem nas redes sociais de Simone Tebet (MDB). Ela reproduziu em seu Facebook imagem do presidente eleito, Davi Alcolumbre (DEM-AP), lhe dando um abraço e dispensando agradecimento especial, pelo “gesto de grandeza em nome do Brasil”. Fora do Senado, Cristovam Buarque também era só elogios: postagem no Twitter foi reproduzida com agradecimento e dizendo que Simone “foi das maiores”. 

Maus filhos - A Justiça está tentando novas formas de garantir depoimentos de idosos que são vítimas de maus-tratos em Mato Grosso do Sul. A juíza Katy Braun, titular da Vara da Infância, da Adolescência e do Idoso de Campo Grande, recorreu ao depoimento especial para ouvir uma senhora, vítima dos filhos. Dessa forma, a idosa não precisou falar sob os olhares da família. Aos 80 anos, ela contou o que sofria só à juíza.

Feminicídio - A Comissão Interamericana de Direitos Humanos denunciou a elevada incidência de assassinatos de mulheres no Brasil em janeiro. Só em um mês, 126 mulheres foram mortas e outras 67 foram vítimas de tentativas de homicídio. Por aqui, fevereiro já começou mal, com uma jovem de 25 anos assassinada em Campo Grande.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions