A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


06/03/2012 06:00

Novo pito

Jogo Aberto

Ao pé da letra

O governador André Puccinelli (PMDB) tem se mostrado adepto da máxima “perco o amigo, mas não perco a piada”. Durante fotografias na inauguração de uma escola, uma das professoras pediu para o governador fazer uma foto com as crianças. Puccinelli rapidamente se abaixou, o que não agradou a professora: “Assim não, de pé”. Puccinelli então levantou o pé e falou: pode fotografar. A professora entendeu o recado e corrigiu: “Em pé”.

Balança

Puccinelli bem que tentou, mas não resistiu ao café da manhã organizado para a inauguração da escola. Como justificativa para a tentativa de não comer, comentou resistência, disse que ganhou um quilo na pescaria do fim de semana.

Recado

Durante entrega de carro para ações voltadas à proteção da mulher, o governador criticou os prefeitos ausentes. Aos secretários que os representavam pediu para assinar duas vezes a letra “P”, que significava: “Por procuração: muito melhor do que o prefeito, estou aqui assinando”.

Bem melhor

Puccinelli lembrou de nomes ao falar do prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha. “Minha amiga Lu Barreto: Corumbá está melhor representada por você”.

Mulher no volante...

A secretária estadual de Assistência Social, Tânia Mara Garib, disse ao governador que poderia ficar tranquilo, pois os carros entregues as mulheres precisariam de menos manutenção, tendo em vista que elas eram menos barbeiras. Puccinelli rapidamente disse que não concordava, esclarecendo que as mulheres eram minoria na Fórmula 1 e Fórmula Indy.

Naquele tempo

Puccinelli saudou Londres Machado (PR) durante lançamento da pré-candidatura de Edson Giroto (PMDB) à Prefeitura de Campo Grande. Na ocasião, o governador lembrou que era inimigo e não adversário político de Londres em Fátima do Sul.

De inimigo a aliado

Puccinelli lembrou que as coisas começaram a mudar quando ele chegou a Assembleia Legislativa. Lá, Londres se mostrou bastante receptivo e chegou a oferecer cargos que lhe pertenciam para o colega. Londres confirmou o que o governador dizia e brincou que já sabia que ele seria governador.

Vai que cola

O senador Waldemir Moka (PMDB) tem sua preferência para vice-prefeita do PMDB em outubro. Ao discursar no lançamento da pré-candidatura de Giroto, Moka lembrou que Antonieta Trad, sua suplente no Senado, seria um ótimo nome.

Slogan

Moka lembrou que o PMDB tinha cinco candidaturas antes da escolha de Giroto e ressaltou que Marun já tinha até sua frase de campanha: “Ser grande e feio não é defeito. Marun para prefeito”.

Visão

Durante a escolha de Giroto, Moka aproveitou para confortar Paulo Siufi (PMDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM). O senador lembrou que não foi escolhido, mas obteve uma grande conquista com o passar dos anos: “O cara que abre mão, no mínimo chega a senador”.

#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...
Deputada não reeleita critica regras
Justificativa - A deputada Mara Caseiro (PSDB) comentou ontem na Assembleia Legislativa que não se elegeu pelas regras da legenda, já que sua votação...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions