A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


26/10/2012 06:00

Oposição e situação

Jogo Aberto

Dois lados 1

Coincidência ou não, a disposição dos deputados na Assembleia Legislativa no plenário mostra uma divisão entre os que apoiam os candidatos Edson Giroto (PMDB) e Alcides Bernal (PP) à Prefeitura de Campo Grande.

Dois lados 2

Do lado esquerdo do plenário estão concentrados deputados de partidos como PT e PSDB, aliados de Bernal. Do lado direito, parlamentares de legendas como PMDB, PR e PTdoB, que apoiam Giroto.

Não falou

Na sessão de ontem (25), a última antes da votação, havia a expectativa que Bernal ocupasse a tribuna para falar do polêmico vídeo divulgado nesta semana, sobre uma suposta negociata com dinheiro de campanha. No final das contas, a sessão foi dominada por outros debates, acelerada por uma sessão extraordinária, para votar projeto da Fetems, e o progressista acabou nem aparecendo.

Apoio mantido

Diante da informação de que a direção nacional do PSC oficializou apoio a Alcides Bernal (PP), contrariando o diretório municipal, o vereador Herculano Borges (PSC) jurou que, independentemente de qualquer direcionamento, mantém sua campanha em prol do peemedebista.

Ninguém me disse

Único parlamentar da legenda na Câmara, Herculano disse que, além disso, não foi comunicado oficialmente sobre a decisão da nacional.

Urgência

O presidente da Câmara, vereador Paulo Siufi (PMDB), voltou a reclamar da situação do prédio da Casa de Leis. Ele comentou, ontem (25), que não pode iniciar a construção de oito novos gabinetes, para os novos vereadores que assumem em janeiro, em um prédio que não pertence à Câmara.

Fogo amigo?

Para ele, faltou uma atitude mais energia do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) para solucionar o impasse. “Temos que buscar outro espaço”, afirmou, clamando por urgência na solução do caso.

Homenagem

Durante a aprovação de projeto que amplia a atuação da Guarda Municipal em Campo Grande, na sessão de ontem (25) na Câmara, o vereador Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão, elogiou Marcos Alex (PT), autor da matéria. “Campo Grande perde um dos melhores vereadores da Casa”, disse. O petista não se reelegeu e deixou a eleição deste ano na primeira suplência da coligação.

Humor oscilante

O elogio de Carlão ao petista ocorreu no mesmo dia em que ele quase entrou em vias de fato com o colega Athayde Nery, em uma briga que lembrou as do tempo de escola pela carteira preferida, afinal os dois disputavam a vez de falar primeiro na tribuna.

Chance

Marcos Alex, que garantiu a atual vaga também por conta da suplência, pode voltar ao Legislativo Municipal, em caso de confirmação dos boatos de que, em caso de vitória de Alcides Bernal, ocupará uma secretaria.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions