A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/09/2011 06:00

Pedras no tabuleiro

Jogo Aberto

Tudo é possível

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB-MS) comentou ontem, durante lançamento da Expo MS Industrial, que não se deve descartar a hipótese de o PMDB vir a apoiá-lo na disputa da sucessão na Capital. Na avaliação dele, se chegar bem nas pesquisas nada impede o PMDB de inverter os papéis da aliança que ainda é mantida com os tucanos na Prefeitura e no governo do Estado, passando a indicar o seu vice.

Vox populi

Já o deputado federal Edson Giroto (PR-MS), pré-candidato, comentou que não é candidato de si mesmo e nem se comporta como tal. “São as pessoas que chegam, cumprimentam e me chamam de prefeito”, disse Giroto, que não esconde estar satisfeito com essa corrente pré-eleitoral.

Rebuliço

O governador André Puccinelli disse que a especulação da candidatura de Simone Tebet, atribuída ao deputado Jerson Domingos, presidente da Assembleia Legislativa, tumultuou o seu dia no Parque dos Poderes.

Predestinada

Depois de especular composições viáveis para a sucessão do prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, com a hipótese do PMDB ceder a cabeça de chapa ao PR ou DEM, o governador André Puccinelli comentou ao ser pressionado pela imprensa ontem de manhã, durante solenidade na Governadoria, que a vice-governadora Simone Tebet é um outro bom nome do partido governista.

Ao dizer que não estava pensando, mas já começa a considerar essa hipótese, o governador surpreendeu a própria Simone Tebet, que alimenta a possibilidade de concorrer em 2014. De qualquer forma, a disputa de 2012 não deixa de ser um bom teste para a corrida ao Parque dos Poderes, embora o sonho dela é assumir a cadeira que foi ocupada pelo pai Ramez Tebet.

Polarização

Depois de projetar de cinco a seis candidatos à Prefeitura de Campo Grande no ano que vem, o governador André Puccinelli ressalvou que a briga vai se concentrar de fato entre os dois grupos que dominam a política em Mato Grosso do Sul – PT e PMDB.

Tentáculos

O PSD faz festa em Bonito, no próximo sábado, para receber a filiação do produtor rural Luis Stranhoto, com a presença do dirigente estadual do partido, Antonio João Hugo Rodrigues, e os precursores da legenda no paraíso ecológico - Bosco Martins, Osair Bigaton e Jean Cruz.

Neopetistas

A Comissão Executiva Estadual do PT recepciona hoje às 18h, na sede do Diretório, Jardim Bela Vista, os novos filiados ao partido. “Este é o momento ideal para agregar nomes que possam nos ajudar na construção partidária visando uma política de peso para as próximas disputas eleitorais”, disse o presidente do PT em Mato Grosso do Sul, Marco Garcia, sem antecipar, no entanto, se haverá migração de alguma liderança.

Fica como está

O governador André Puccinelli não sinalizou, mas ficou a impressão ontem que não deve acatar a proposta do deputado Marquinhos Trad (PMDB) de parcelamento do IPVA em cinco vezes e desconto de 15% para pagamento à vista. Perguntado sobre o assunto, André disse que ainda analisava a questão, observando que MS é o estado que concede o maior desconto – 50% na alíquota e mais 10% sobre o valor apurado.

Robustecimento

O deputado estadual Alcides Bernal anunciou ontem já ter estruturado diretórios do PP em nada menos que 15 municípios e revigora os quadros em outros colégios eleitorais importantes.

Segundo o deputado, o PP deve concorrer com candidato próprio em Fátima do Sul, Itaporã, Sidrolândia, Jardim, Anastácio, Aquidauana, Corumbá, Nioaque, Dourados, Tacuru, Bela Vista, Terenos, Rochedo, Miranda e Terenos, além de se fortalecer em Ponta Porã, Três Lagoas, Coxim, Paranaíba e Nova Andradina. Com a chancela do PP, já estão listadas as pré-candidaturas de Geraldo Tomaz da Silva e Evander Vendramini, em Corumbá; Valdir do Couto Filho, em Nioaque, Ricardo Demamann, em Dourados.

Nova secretaria

Audiência Pública amanhã na Câmara de Campo Grande sobre políticas públicas para a acessibilidade vai retomar a ideia de criação da Secretaria Municipal do Idoso, da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida.

A audiência pública foi proposta pelos vereadores Mario Cesar, Grazielle Machado e Paulo Siufi. Na legislatura passada, Mario Cezar e Paulo Siufi propuseram a criação da pasta, mas o projeto foi rejeitado.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions