A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/02/2012 06:00

Planos

Jogo Aberto

Minitumulto

A chegada de seis projetos do Executivo pedindo referendo da Câmara de Vereadores de Campo Grande para início de obras realizadas por consórcio provocou turbulência no fim da sessão de ontem. O vereador Carlos Borges (PSB) fez o pedido de mais tempo para analisar o projeto de construção de 2 mil casas no jardim Carioca e o vereador Lídio Lopes, que presidia a sessão, encerrou os trabalhos sem dar resposta.

Falha de comunicação

Carlão chegou a reclamar, mas depois ficou tudo aparentemente esclarecido. O vereador havia pedido o tempo maior achando que o projeto devia ser votado hoje, mas Lídio disse que sequer analisou porque a votação deve ser feita na quinta-feira. Dessa forma, entendeu, o colega vai ter tempo para a análise.

Avô coruja

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), está radiante com o nascimento de sua primeira neta. O avô disse que a neta é a coisa mais importante de sua vida, definindo que é a alegria que faltava. “Dá vontade de levar para casa”, confidenciou.

Prefiro não comentar

O ex-vereador e agora deputado Cabo Almi (PT) foi questionado sobre a declaração de apoio do seu colega, vereador Paulo Pedra (PDT) à candidatura do PMDB em Campo Grande. Constrangido, disse que não queria falar sobre o assunto.

Não resistiu

Apesar de não querer comentar, Almi acabou lembrando que Pedra era líder de Nelson Trad, foi para a oposição, ajudou a expulsar Loester Nunes, por defender o PMDB, e agora anunciava o apoio ao PMDB: “É comum. O Pedra construiu a vida dele desta forma”.

Interatividade

O deputado Rinaldo Modesto (PSDB) é mais um que não resistiu aos avanços tecnológicos e adotou o tablet. Encantado, o deputado provocou risos da imprensa e assessoria ao conversar com uma pessoa durante a sessão. Encostando o rosto próximo ao aparelho em plena sessão, o deputado atiçou a curiosidade dos presentes, que tentavam entender o que ele estava fazendo.

Na briga

O deputado Lauro Davi (PSB) não desistiu de lutar pela expulsão do ex-presidente estadual do PSB, Sérgio Assis. Questionado sobre a demora do processo e possibilidade de o caso não ter desfecho, o deputado garantiu que a situação terá uma definição. “É igual vaso sanitário. Só cabe um”.

Facilidade

A indefinição na eleição para a prefeitura de Campo Grande tem empolgado até concorrentes do interior. Ao falar sobre a eleição, que ainda está aberta, Paulo Duarte (PT) brincou que se não fosse corumbaense, seria candidato a prefeito em Campo Grande.

Pretensões

O procurador-geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, Paulo Alberto, desistiu de concorrer à reeleição. Nos bastidores do Ministério Público Estadual o que se diz é que ele tem pretensões maiores, no âmbito federal.

Piada

A briga entre o deputado estadual Diogo Tita (PPS) e o prefeito de Paranaíba, José Garcia de Freitas, o Zé Braquiara (PDT), virou motivo de piada na Assembleia. Um dos deputados brincou com Tita dizendo que Braquiara se mata com enxada.

Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions