A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/03/2016 07:00

Polícia demora mais de um mês para ir a local de acidente

Waldemar Gonçalves

Descaso – Nesta Sexta-Feira Santa faz 36 dias que a pedestre Julia Nobuco Shiroma Oshiro, de 71 anos, morreu ao ser atropelada por uma moto no cruzamento das ruas Rui Barbosa e Calarge, em Campo Grande. Somente quarta-feira (23), no entanto, é que a Polícia Civil apareceu no local do acidente para começar a investigar o caso.

Lamentação – Naquela manhã de 17 de fevereiro, dona Julia acabara de sair da academia e tentava atravessar a rua quando foi atingida pelo motociclista. Ele, inclusive, ficou no local e lamentou o ocorrido, justificando que um ônibus teria atrapalhado sua visão.

Pressão – Para a polícia, só mais uma morte na estatística. A investigação só começou a ser feita por pressão da família da vítima, disse um policial a um morador próximo.

Componente político – “Estamos em ano eleitoral e tem pessoas que utilizam desses artifícios para suprir suas deficiências”, disparou o ex-prefeito Nelson Trad Filho (PTB) ao comentar investigação em contratos do tapa-buraco durante sua gestão. Ele entende que o objetivo seja jogar poeira sobre eventual tentativa dele de voltar à Prefeitura. “Deve ter componentes políticos nesta história. Agora, não vou admitir que tentem macular a minha imagem e da minha família com algo de errado”.

Nas convenções – Ainda que demonstre preocupação do ponto de vista político, Nelsinho ainda despista quando perguntado se será o candidato do PTB a prefeito este ano. Diz que o assunto precisa ser amadurecido dentro do partido e, até as convenções em julho e agosto, “tudo será definido”.

Da área – Correligionário de Nelsinho, o vereador Edson Shimabukuro interrompeu entrevista do ex-prefeito, ontem, para defender que sempre houve lisura no processo de tapa-buraco. Engenheiro, detalhou termos e procedimentos técnicos para tal, ressaltando haver uma série de etapas e fiscalizações até o efetivo pagamento pelo serviço.

Exemplo do pai – Pré-candidato a prefeito da Capital pelo PMB (Partido da Mulher Brasileira), Pedro Pedrossian Filho diz que, caso se lance efetivamente em campanha, os comuns ataques aos ex-gestores não serão pautas de seus discursos. A exemplo do pai, o ex-governador Pedro Pedrossian, defende que o importante é se ater ao que precisa ser feito na cidade.

Sondagem – Convidado oficialmente para comandar a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), o deputado estadual José Carlos Barbosa (PSB) acredita já ter o aval das principais forças da área, leia-se polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e agentes carcerários. Segundo consta, até o momento não há integrantes da tropa descontentes com a ideia.

Pré-candidato – O deputado estadual Renato Câmara (PMDB) já começa a pensar em projetos e prioridades de campanha pela Prefeitura de Dourados. A área de saúde deve receber atenção especial porque, segundo ele, precisa de mudanças e um sistema que funcione de forma adequada. Geraldo Resende (PSDB), inclusive, potencial adversário no pleito, é deputado federal e médico por formação.

Elevador novo – Um novo elevador começou a funcionar na Assembleia Legislativa, substituindo equipamento que operava há 30 na casa. O novo comporta 450 quilos e tem botão viva-voz para situação de emergência. Além da modernização, a promessa é de economia, já que o antigo aparelho gerava muito custo de manutenção.

(com a redação)

 

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions