ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 22º

Jogo Aberto

Prefeito que promover "princesinha" a "rainha"

Por Maristela Brunetto e Caroline Maldonado | 11/05/2024 07:00
Inocência, cidade com apenas 8.040 habitantes que agora recebe gigante da celulose. (Foto: assessoria)
Inocência, cidade com apenas 8.040 habitantes que agora recebe gigante da celulose. (Foto: assessoria)

De princesa a rainha - O prefeito de Inocência, Antônio Ângelo Garcia dos Santos, espera que, de “Princesinha da Costa Leste” a cidade salte para "rainha" da região. É o mais entusiasmado com a autorização para a empresa Arauco começar a construir no município uma fábrica de celulose, com investimento estimado em R$ 28,3 bilhões. Não é para menos, o empreendimento deverá colocar a cidade entre as dez maiores economias do Estado. Em 2023, ela estava na posição 43.

Madrinhas - O prefeito se animou com as personagens femininas no evento disputado ontem na Governadoria, quando ocorreu a entrega da licença ambiental para a Arauco. Antes que o evento acabasse, Santos pediu mais uma vez a palavra porque queria mencionar duas mulheres que considerava madrinhas do projeto: a própria esposa, que estava sentada ao lado na mesa, por apoiá-lo e ampará-lo no dia a dia, e a senadora Tereza Cristina, que também se empenhou pela materialização do empreendimento

Pai de Inocência - O personagens masculinos dessa engrenagem também foram citados. O prefeito lembrou as gestões feitas na gestão de Reinaldo Azambuja em favor da instalação da fábrica e chamou Eduardo Riedel de “novo pai” da cidade. Mencionou ainda os vereadores, para que “vistam a camisa” em defesa de projetos para a comunidade local.

Atravessar a cordilheira - Na reunião, com a presença do CEO da Arauco, o governador mencionou que se for preciso, ele vai pessoalmente à reunião do Conselho de Administração da chilena, em agosto ou setembro, quando será batido o martelo em valores de investimentos, para defender o empreendimento e a segurança para a empresa apostar “do outro lado da Cordilheira”, referindo-se aos Andes.

Placar atualizado - Depois do Campo Grande News inciar a contagem dos votos que o deputado estadual Márcio Fernandes (MDB) teria na disputa pela vaga da Assembleia Legislativa no TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul), seus possíveis eleitores fizeram questão de manifestar o apoio na sessão ordinária desta quinta-feira (9).

Mais oito votos - Na lista atualizada, o emedebista passou de 2 para 11 parlamentares, quase metade dos 24 deputados eleitos. Somaram-se aos deputados Roberto Hashioka (União) e Rinaldo Modesto (Podemos), os parlamentares Antônio Vaz (Republicanos), Coronel David (PL), Jamilson Name (PSDB), Lucas de Lima (PDT), Júnior Mochi (MDB), Zé Teixeira (PSDB), Renato Câmara (MDB) e Zeca do PT, além do próprio "pré-candidato".

Tudo tem seu momento - O deputado Júnior Mochi, que já almejou a vaga do TCE-MS, disse que seu momento já passou. "Eu tive o meu momento de interesse e não aconteceu. O Márcio tem interesse faz tempo e está tentando se viabilizar. Se ele for se candidatar meu voto é dele", garantiu.

Cuidando o tempo - A Prefeitura de Campo Grande contabiliza 86 pontos de possível alagamento em dias de temporal, sendo 15 "mais críticos", segundo a prefeita Adriane Lopes (PP). Ela disse que para se preparar, a Defesa Civil e a Sisep (Secretaria de Obras e Serviços Públicos) estão acompanhando as previsões.

Mais preparados - Adriane garantiu que já houve avanço com a implantação de bacias de contenção, em algumas regiões e, por isso, nas próximas chuvas já não haverá tantos problemas. Obras defasadas por serem muito antigas são o maior problema na região Central, segundo a prefeita. Ela destaca a Rachid Neder e região Lagoa.

Estratégia - Além de estudar onde vai colocar mais bacias de contenção, a prefeitura, está limpando os dutos. "Estão sendo monitorados para que Campo Grande não seja impactante em um momento de chuva", disse a prefeita em agenda no Aeroporto Internacional, na sexta-feira (10).

Nos siga no Google Notícias