A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/02/2015 06:00

PT chegou a temer protesto contra Dilma na Capital

Edivaldo Bitencourt

Protesto – A mobilização pelo Facebook contra o aumento de impostos teve a adesão de quase 5 mil pessoas, até ontem. O protesto vai acontecer hoje, a partir das 9h, durante visita da presidente Dilma Rousseff (PT) à Capital.

Temor – O protesto assustou o PT. Lideranças chegaram a recomendar à presidente que não viesse para participar da inauguração da Casa da Mulher Brasileira, segundo o deputado estadual Pedro Kemp (PT).

Rapidinho – A presença da presidente, a primeira viagem oficial no segundo mandato, vai encurtar a sessão da Assembleia Legislativa. O presidentede Júnior Mochi (PMDB) avisa que a sessão será aberta e fechada em seguida, para cumprir o protocolo.

Alívio – A presença de Dilma também deverá aliviar a situação do prefeito Gilmar Olarte (PP). Os vereadores devem prestigiar a petista e deixar o debate sobre a CPI para investigar a operação tapa-buracos para amanhã.

Gabinetes – Deputados estaduais travaram verdadeira guerra para ficar com o melhor gabinete no Palácio Guaicurus, sede do legislativo estadual. Após muita polêmica, os mais velhos tiveram a preferência na escolha das salas.

Indesejado – Estreante, a deputada estadual Antonieta Amorin (PMDB) ficou com um dos gabinetes mais rejeitados. O espaço estava com o deputado Márcio Fernandes (PTdoB) e fica sobre o restaurante.

Vespeiro – O MST denunciou abuso na desocupação da fazenda na usina de Quebra Coco e acabou sendo recebido pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Segundo o movimento, o tucano admitiu excessos na reintegração de posse e prometeu melhorar o diálogo com os sem-terra.

Líder – O deputado estadual Pedro Kemp foi escolhido para ser o líder do PT na Assembleia Legislativa. Com quatro deputados, ele pretende liderar a oposição ao governador Reinaldo Azambuja no legislativo estadual.

Disposto – Pela primeira vez, Kemp está disposto a colocar o nome para ser o candidato a prefeito de Campo Grande. Da ala católica e esquerda do PT, ele promete ser uma opção para a sucessão de Gilmar Olarte em 2016. No partido, estão no páreo o presidente da Cassems, Ricardo Ayache e os deputados federais Zeca do PT e Vander Loubet.

Inspeção – O fim da inspeção veicular ambiental em São Paulo diminui o ímpeto dos defensores da adoção da exigência em Campo Grande. Outros dois fatores deixam o projeto mais longe: a suspensão pela Justiça do contrato da prefeitura com a empresa Inspecionar e a inspeção de segurança adotada neste ano pelo Detran.

(colaboraram Angela Kempfer e Juliene Katayama)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions