A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/05/2011 06:00

Comparação estranha

Jogo Aberto

A visita da pedagoga Cris Poli à Câmara Municipal de Campo Grande ontem rendeu muitos trocadilhos e brincadeiras. Famosa por apresentar o programa Super Nanny, na atual conjuntura, as dicas de como educar crianças serviram como recadinho para alguns. O presidente da casa, Paulo Siufi, falou até em implantar o "cantinho da disciplina" para os mais problemáticos.

A reitoria da UFMS virou ombudsman da mídia sul-mato-grossense. Toda matéria criticando a situação da instituição é retrucada com editorial detonando os veículos de comunicação responsável, alegando que eles querem se aparecer nas custas da universidade.

Os petistas do Estado esperam que a presidente Dilma Roussef (PT) compareça a Campo Grande no mês de agosto para a inauguração de uma obra importante, mas, de quebra, vislumbram na presença da presidente um “gás” para ao partido, que anseia ter candidato próprio à prefeitura de Campo Grande no ano que vem. O mais cotado, por ora, é o deputado federal Vander Loubet, o articulador da visita de Dilma.

O deputado Marquinhos Trad estava todo feliz na Assembleia afirmando que seria candidato a prefeitura, pelo PMDB e ainda iria ganhar a eleição. Segundo o parlamentar, o nome é preferido pela população, tanto nas pesquisas do PT, como do próprio partido, que ainda não o tem como pré-candidato a prefeitura da Capital por causa o parentesco com o atual prefeito.

Na última sessão realizada na Assembleia, a deputada Mara Caseiro (PTdoB), que faz parte da base do governo, foi a ovelha desgarrada. Ela votou contra todos os vetos apresentados pelo governador André Puccinelli, e até usou a tribuna para discursar contra.

Em menos de um mês, a força-tarefa enviada à comarca de Terenos pelo Judiciário de Mato Grosso do Sul conseguiu reduzir o estoque de processos à espera de andamento quase à metade. Em 11 de abril eram mais 1,6 mil e no dia 5 de maio este número passou para 890.

Do universo de processos, 307 simplesmente foram arquivados, o que demonstra como bagunçada estava a situação na comarca, que recebeu a força tarefa logo depois da aposentadoria, a pedido, do ex-titular José Berlange.

A equipe enviada para Terenos tem dois juízes e funcionários da Corregedoria de Justiça. Desde que chegaram para por ordem na comarca, eles já foram responsáveis por 541 despachos nos processos que estavam parados, 399 decisões, 252 sentenças. Também ouviram 123 depoimentos, em 48 audiências. Não há prazo para o trabalho terminar.

O protesto organizado pelas redes sociais, Twitter e Facebook, foi um sucesso, mais de 200 carro participaram da ação. Pode se dizer que foi o Flash Mob mais bem sucedido na Capital, uma dor de cabeça para quem cobra preços abusivos.

Um dos integrantes que tomaram a frente e falaram no Megafone foi o ex-apresentador de TV, Tatá Marques. Ele questionou a falta de universitários no movimento. Ao perguntar se havia acadêmicos das instituições de ensino superior da Capital ele teve uma surpresa, 80% dos presentes eram universitários.

Tatá ainda fez uma fala desagradável, dizendo que os estudantes da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) não estavam presentes nas questões importantes como no Na Mesma Moeda e só sabiam protestar quando alguma acadêmica era estuprada, para espanto dos presentes.

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



Responder a eventuais críticas não é ser ombudsman, o que demonstra desconhecimento do termo e da função de um ombudsman. Me parece que a UFMS está apenas respondendo as informações que entendeu incorretas, o que é um direito, tão saudável quanto a liberdade de imprensa. Quem critica também está sujeito a crítica! Se a imprensa, no seu justo papel, leva ao público em geral informações eventualmente distorcidas e parciais, segundo o ponto de vista de quem se sentiu prejudicado, nada mais normal do que uma manifestação deste último.
Isso é democracia! como dizem: é fácil ser pedra... o difícil é ser vidraça!
Aguardo a publicação do meu comentário.
Abraços!
 
Antonio Vieira em 11/05/2011 11:50:48
É isso aí Marquinhos! Tá chegando a hora!
 
christopher pinho ferro scapinel em 11/05/2011 11:10:47
Reaalllllllllmente. Reaaaaaaaalllllllllllllmente essa nossa raivosinha gestora de instituição educacional- pequena, baixinha, sem brilho próprio , foi o tiro no pé do seu apoiador.
Ela deveria é ficar na miúda, mais miúda mesmo. Mas como a própria é eternamente TPM..iiiizada, só consegue angariar revoltosos.
E esse outro boca-mole ai, nem se fala. Deveria é ir fazer reportagem lá no afeganistão.
 
Orlando Lero em 11/05/2011 11:09:59
Com todo o respeito ao importante, conhecido nacionalmente e internacionalmente, Tata Marques, por que não te calas.
 
jose da silva em 11/05/2011 10:40:43
Tem algumas coisas que é dificil de se entender, o digamos assim "Sucesso", desse tal de Tata Marques, o sujeito é rídiculo, so fala besteira, vai para casa Tatá...
 
Marco Aurélio em 11/05/2011 08:01:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions