A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/02/2011 06:00

MacGyver

Jogo Aberto

Os promotores de eventos ficaram sem local para shows, mas não perdem a criatividade. Nos últimos dias têm bolado "slogans" para campanhas de repúdio à decisão da Justiça que proibiu shows no Parque de Exposição da Capital.

Do presidente da Acrissul, Francisco Maia - que também é publicitário - a proposta é "quer ver show, vá de Gol", sobre a companhia aérea. Já o promotor Pedro Paulo reclama que "Campo Grande já viu a Copa dançar, agora também vai perder shows para Cuiabá".

A semana será decisiva na Assembleia Legislativa. As sessões retornam já com uma reunião na terça-feira para definir as 14 comissões permanentes. Pelo regimento interno, os líderes de bancada têm cinco sessões para indicar os nomes dos titulares e suplentes de cada uma das comissões.

Até mesmo o setor de cultura sofre por conta da crise em Dourados. O Teatro Municipal está impedido de receber qualquer evento. O local apresenta falhas no sistema elétrica e em outros itens que comprometem a segurança do público.

No início do ano, um laudo provisório do Corpo de Bombeiros com anotações técnicas mostrava que havia mal funcionamento do hidrante da bomba de incêndio, falta de extintores, de sinalização e falta de barra de pânico na saída de emergência, além da necessidade de adequação na estrutura de palco, como a altura do parapeito e troca de madeiramento.

Durante a visita do governador André Puccinelli a Três Lagoas, na última sexta-feira, o deputado Eduardo Rocha (PMDB) aproveitou para reivindicar a instalação de ar-condicionado em todas as escolas estaduais do município.

“O meu nobre deputado terá atendido o seu pedido, desde que parte do seu salário e dos demais parlamentares que me acompanham neste evento seja revertida para a compra desses aparelhos”, afirmou o governador, em tom de brincadeira. Além de Eduardo Rocha, a cerimônia contou com Antonio Carlos Arroyo (PR) e Junior Mochi (PMDB).

As lojas da região da rua Euclides da Cunha, conhecida como a Oscar Freire de Campo Grande, passaram por uma onda de tentativas e roubos na última semana. Em um dos roubos, o ladrão jogou uma pedra contra a vitrine de uma loja na rua Bahia, quase esquina com a Euclides da Cunha. Em outra ação, um homem tentou invadir uma loja de roupas e jóias.

Por conta das ações dos criminosos, a segurança foi reforçada em vários estabelecimentos. No quarteirão em frente ao prédio em que mora o governador André Puccinelli, as lojas ficaram sob vigilância por 24 horas, com dois seguranças trabalhado durante a madrugada.

Antes de ser recapturada no sábado, a onça fujona do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) passou por várias das nove armadilhas espalhadas pelo Parque dos Poderes e conseguiu comer vários frangos. Piadistas de plantão já estão chamando o animal que fugiu duas vezes do Cras de MacGyver, nome de um seriado dos anos 80 sobre um ex-agente secreto das forças especiais.

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



Se as pessoas forem espertas nao iriam contra os eventos no parque.
No carnaval por exemplo:as pessoas ficam por perto da farra,se tirarem o carnaval de um local onde vai muitas pessoas prestigiarem esta festa,as pessoas ficariam nas ruas brincando,fazendo farra como sempre foi no carnaval.
Sejam espertos!!
 
Giovana Ramires em 02/03/2011 04:54:14
Sinceramente, o povo ocupa o espaço q era estacionamento da ACRISUL, quer montar residência lá, e ainda não querem mais shows, Campo Grande já não tem opções para divertimento, e quando tem, vetam isso ¬¬, eu sou moradora dessa região, e não reclamo do barulho!!! muito pelo contrário, é perto daki, vou de pé 2, agora vão construir um treco lá na puta q pariu, duvido q vai ter a quantidade de gente q nem aki, vão sair perdendo ¬¬ eu quero os shows de volta, pq não fazem uma votação com o pessoal da região e campo grande?????
 
Jessica Teles em 18/02/2011 11:03:23
A Acrissul deverá vender a sua área para algum Shopping ou Supermercado, fiquemos tranquilos. O estacionamento em frente já está comercializado para um condomínio residencial.

Parabéns para ACQM pela rápida estratégia em mudar de lugar.

Assunto encerrado pelo jeito...
 
Philipp Ernesto em 16/02/2011 02:06:32
O povo daqui vai prá rua brincar o carnaval. O povo do Egito sai na rua para protestar e derrubar governantes. Vamos gente protestar contra esses politiqueiros, só querem aumentar IPTU e aumentar os salários deles.
 
osmiro capistrano da costa em 14/02/2011 10:39:44
Sou favorável a realização da já tradicional feira de exposições promovida pela ACRISSUL, faz parte da história de Campo Grande. O saudoso trilho da Noroeste também fazia parte da história e, apesar do barulho das discussões, foram removidos e nem por isso deixaram de fazer parte da posteridade.
Todo ano a imprensa noticia negócios, números, lucros e cifras exorbitantes como sucesso da exposição. Os shows ali promovidos sempre, como dizem os jovens, "bombam", se "bombam" alguns bolsos ou cofres devem ficar recheados, pois casa cheia é sinal de "lucro".
Bom se o problema entre, promotoria, Acrissul e moradores da região é antigo, questiono sobre qual a proposta para a solução desse impasse. Acredito que promover os eventos em Cuiabá não seja a melhor solução, muito menos vulgarizar tão importante discussão. Sem contar a falta de respeito para com a população de nosso estado, em especial para com a população de Campo Grande que neste caso assiste "de camarote" o embrólio entre os envolvidos e sempre prestigiou os eventos naquele local.
Parabenizo a CLC, Confederação dos Clubes de Laço Comprido, que impedido de realizar seus eventos no Parque, deram um jeito e, melhor ainda, adquiriram uma área na saída para Rochedinho, após a UCDB, e já iniciaram a contrução de um local apropriado para a realização de seus eventos, inclusive consta no projeto a construção de um barracão de 6.000 metros quadrados para a realização das provas e shows.
Não seria o momento da ACRISSUL, estabelecer parceria, ou até mesmo brindar nossa capital com um audacioso projeto e construir um novo parque, afastado do centro da cidade e que atenda as exigências sanitárias para a realização de seus eventos e shows. A considerar o valor histórico e de mercado do espaço atual, já teriam um bom caixa para o começo.
Em tempo: Não sou contra a realização de Shows e nem da Feira de Agronegócios. Não sou produtor rural. Não exerço cargo público. Não sou morador da região.
Sou Sul Mato Grossense e resido em Campo Grande e quero e espero o melhor para todos. Para tanto sugiro "Muita calma nessa hora".

Rui Spínola Barbosa
rui_spinola_barbosa@hotmail.com
67 8176 8661
 
Rui Spínola Barbosa em 14/02/2011 10:10:22
A onça fujona esta mais que certa em querer fugir de campo grande , talvez até do MS , afinal motivos não faltam: IPTU nas alturas , asfalto se dissolvendo , agentes de saúde em greve , saúde na UTI, violência e drogas, lei do silêncio virou barulho , indígenas em situação crítica , funcionários público sem direito de escolher seu banco...etc. Eos políticos...???? esses estão bem, afinal com aumnento de mais de 60% reclamar do quê......???? . A onça não esta certa....????, felino inteligente ......!!!!!
 
Valfrido Leite Rolim em 14/02/2011 10:02:56
Quer ver show? vá de GOL para CUIABÁ..........AÍ SIM!!!!

Moradores da região da ACRISSUL querem SOSSEGO!!!!!!PAZ!!!!
 
Gilmar candido em 14/02/2011 09:30:28
Tem mais é que tirar as coisas de CG msm, culpa da população, vcs nao estavam reclamando de barulho, som alto e tdo mais, agora aguenta. Cuiabá sim, sabe ser uma cidade grande, nao se incomoda com nda, nao se incomoda com copa do mundo, com shows.... e CG só perdendo, pq só querem socego, vaaaiiii.
Querem socego vão pra uma fazenda, que terão.
 
Ederson Melo em 14/02/2011 06:58:14
essa onça trabalha no parque dos poderes e é funcionario publico hehehehe..só apaeceu pra receber o salario e vai embora de novo..pode esperar
 
marcelo gomes em 14/02/2011 06:50:46
Putz! Corumbá, Dourados, Três Lagoas, Aquidauana... próximos a Campo Grande poderiam ser opção. A considerar que ANTES de ganhar dinheiro estes eventos proporcionam alegria para nós sul-mato-grossenses além da oportunidade que nossa gente tem em colocar comida na mesa. O Parque de exposição, centro da discussão, é um local bom, tem o espaço necessário é um terreno amplo, cercado e com estrutura para estacionamento, banheiros e segurança... não é indispensável.
Existem empresas especializadas que montariam uma estrutura com palco, fechamento, banheiros químicos... Tenho certeza que municípios próximos a Campo Grande como Terenos, Jaraguari, Rochedo, Sidrolândia e outros municípios do estado adorariam realizar estes eventos. A CONSIDERAR A QUALIDADE DOS ARTISTAS e a HABILIDADE DE QUEM OS PROMOVE não seria dificil transformar estes eventos em SUCESSO.
O artista vai aonde o povo está e a recíproca é verdadeira o povo vai aonde o artista está.
Tudo bem que Cuiabá é Cuiabá... mas eu sou mais MATO GROSSO DO SUL.

 
Rui Spínola Barbosa em 14/02/2011 06:41:51
É Campo Grande, já não tem quase nada e está perdendo sua cultura, esse é o resultado de uma administração visada somente em lucros e estão esquecendo de valorizar e incentivar a cultura, perdemos a copa entre outras coisas, e ainda vem gente dizer que Campo Grande está bem em tudo, mais de certa forma estão certo, quando se trata de perder as coisas Campo Grande é nota 10. Acorda politicos do MS
 
Ewerton Tabosa Flores em 14/02/2011 04:36:23
Campo Grande/MS vai ser lembrada como a Capital "LATINHA" .....
La-tinha Hipodromo ....
La-tinha Carnaval ...
La-tinha Exposição ....
La-tinha Show's ......kkkkkkkkkkk, CAMPO GRANDE - CAPITAL DE EVENTOS ja era !!
E ainda falta mais ...
La-tinha Campeonato de futebol .....
La-tinha Copa do mundo e podem lembrar mais .....
 
Jonas de Paula em 14/02/2011 02:20:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions