A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


09/10/2012 06:00

Quem diria

Jogo Aberto

Candidato eterno

Ao falar sobre os resultados das eleições 2012, o governador André Puccinelli comentou que, há um ano, ninguém imaginaria que Alcides Bernal (PP) teria o desempenho que apresentou. Diante disso, brincou que a única certeza é que Suél Ferranti (PSTU) seria candidato. “E será nas próximas 28 eleições”.

Nuvens

Perguntado sobre as tratativas para composição de alianças na disputa do segundo turno em Campo Grande, Puccinelli não especificou as negociações e filosofou. “Política é igual nuvem. Você olha, ela está de um jeito e daqui a 30 segundos está de outro”.

Análise

O governador também admitiu que não acreditava na eleição de vereadores na Capital como Waldecy Batista Nunes, conhecido como Chocolate e Derly Dos Reis De Oliveira, o Cazuza, ambos do PP. Ele atribuiu a vitória dos candidatos aos votos de legenda.

Informante

André comentou sobre a troca do marqueteiro da campanha de Edson Giroto (PMDB). Ao explicar que defendeu a permanência do profissional com quem fez ao menos seis campanhas, revelou que ele seria o responsável por comunicar a Chico Santa Rita que ele não seguiria nos trabalhos.

Não precisava

Enquanto comentava que o PSDB foi mantido em cargo do Governo do Estado e que a relação de respeito seguiria mesmo se Reinaldo Azambuja (PSDB) não decidisse apoiar Giroto, o líder do PMDB no Estado elogiou o PPS. Lembrou que o partido, além de se retirar cargos da Prefeitura de Campo Grande, também fez com Édio Viegas, que presidia a Escola de Governo. Conforme André, no entanto, “não precisava”.

Lenha na fogueira

Durante entrevista ontem (8), André resolveu cutucar o rival Zeca do PT. Segundo ele, o ex-governador, mais votado entre os candidatos a vereador de Campo Grande, sempre trabalhou a favor da campanha de Bernal ao invés de auxiliar Vander.

Destaque?

Durante a coletiva para retificar apoio a Alcides Bernal, petistas viram na concretização do segundo turno em Campo Grande um único motivo para comemorar. Mas houve outro destaque: o aumento do número de vereadores na próxima legislatura no Estado (77 para 98).

Mais

Além disso, Vander Loubet, por exemplo, garantiu que o segundo turno está dentro da estratégia que o partido traça na candidatura do senador Delcídio Amaral para o Governo do Estado em 2014. Apoiando e elegendo Bernal, eles acreditam ganhar um importante aliado para a disputa.

Migração

Loubet também apostou que a militância do PT vai votar em Alcides Bernal no segundo turno. Por outro lado, o PMDB aposta justamente o contrário em relação aos votos de Reinaldo Azambuja, mais de 113 mil.

Ideia

O discurso é que o eleitor de Azambuja é “qualificado” e vai procurar propostas “qualificadas” na eleição. Dessa forma, escolheria Giroto.

 

Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions