A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/10/2011 08:00

Rebuliço

Jogo Aberto

Demandas pantaneiras

As demandas das populações ribeirinhas no Pantanal vão desembocar nos gabinetes de autoridades e políticos por meio da Carta de Corumbá, elaborada ao final do I Fórum Povos Tradicionais do Pantanal de Mato Grosso do Sul, realizado em Corumbá.

O documento aponta falta de políticas públicas específicas ao modo de vida dos pantaneiros, que não dispõe de educação integral, transporte público, saneamento básico, saúde e água e condições especiais para exploração do recursos naturais à sua subsistência.

Retrato

O Cimi (Conselho Indigenista Missionário) divulga nesta segunda-feira, às 14h30, na Cúria Metropolitana de Campo Grande, o “Relatório de Violência Contra os Povos Indígenas em Mato Grosso do Sul“. O ato será presenciado pelo arcebispo de Mato Grosso Sul, Dom Dimas Lara Barbosa.

O dia seguinte

A confusão armada por maus servidores públicos da Polícia Civil em boate de Campo Grande teve uma grande repercussão, com manifestações de repúdio e indignação. Autoridades tranqüilizaram as pessoas que foram vítimas de abusos de autoridade e o leitor que distribuiu as imagens, assegurando que ninguém sairá impune.

Interatividade

O juiz federal Odilon de Oliveira é um dos internautas com posts na seção de comentários na matéria que divulga o vídeo em que policiais cometem abusos em boate. O juiz sugere até a punição - prestação de serviços à comunidade.

Em muitas boates os policiais já desfrutam de tratamento cordial e até de regalias permissíveis (como acomodações e alimentação) em razão da segurança que proporcionam com suas presenças, estando em serviço ou não, segundo empresários do setor. O que não deve ser tolerado é o abuso de autoridade.

Defesa

O Sinpol - Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul - acionou sua assessoria jurídica para prestar assistência aos policiais acusados de abuso de autoridade com exibição de arma de fogo. Uma das tarefas da assessoria, também, é contornar na mídia a repercussão do fato e a exposição dos servidores.

Descontrole

No início da semana um dos assuntos nesta coluna era justamente o mau profissional, que rasga regras básicas de conduta para função nobre. O mau profissional existe em todos os segmentos, sem que se tenha dimensão exata do quanto ele prejudica as instituições públicas ou empresas onde atuam.

Não custa repetir que hoje, tanto setor público quanto privado dispõe de cursos e treinamentos que buscam não só reciclar os conhecimentos dados aos servidores ou colaboradores, mas também aperfeiçoar, tornando sua presença fundamental à sociabilidade, útil à comunidade.

Alça de mira

O ex-prefeito Waldeli dos Santos Rosa (PR) tem prazo de 30 dias para restituir aos cofres públicos do município de Costa Rica o valor de R$ 130 mil, valor de convênio feito com a Apae, A prestação de contas foi considerada irregular e o valor impugnado. O ex-prefeito ainda recebeu multa de R$ 1.586.

Upgrade eleitoral

A Escola Judiciária Eleitoral de Mato Grosso do Sul e o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) promovem nos dias 3 e 4 de novembro o I Ciclo de Palestras de Direito Eleitoral, destinado a juízes, promotores, operadores do direito e servidores da Justiça Eleitoral, que precisam compreender as reformas política e eleitoral para aplicar a legislação.

Apoio

A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) divulgou nota em que manifesta apoio à manutenção do poder de polícia do IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis).

“Delegar para a esfera estadual o poder de multar os empreendimentos em desacordo com as normas brasileiras, conforme dispõe o PCL 01/10 aprovado nesta quinta-feira (27) pelo Senado Federal, é relegar a questão ambiental aos desmandos regionais que ainda assombram a democracia no país. Ademais, muitos órgãos ambientais não detêm estrutura suficiente para atuação, o que deixa a sociedade e a Natureza desprotegidas, em um vazio de fiscalização, justamente em uma área tão sensível e com implicações nacionais e internacionais como o meio ambiente“, diz trecho da nota.

Prêmio

O jornalista Ariosto Mesquita conquistou, em Porto Alegre, o Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo 2011 – categoria Revista – com a reportagem “Ovo do Oriente” publicada na edição de outubro de 2010 na Revista Panorama Rural.

2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...
Secretário torce e comemora venda da folha
Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a a...


Sou uma pessoa sindicalista, defendo esta instituição sempre, mas não posso ver uma noticia que o Simpol vai defender estes "bandidos da boate", que isto me indigna. O sindicato tem que defender os bons e não os maus associados.
 
Paulo Neres Carvalho em 30/10/2011 01:41:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions