A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/11/2018 06:00

Reinaldo agradece índios e pede ajuda para turismo

Marta Ferreira

Otimismo - O governador de Mato Grosso do Sul comentou durante agenda ontem que Mato Grosso do Sul recebeu 88 mil turistas neste ano e que pode evoluir muito mais. A afirmação veio acompanhada de um afago aos índios que participavam de solenidade nesta terça-feira.

Parte – Reinaldo disse à plateia que comunidade indígena que eles são parte das iniciativas para ampliar a vinda de turistas. A contribuição, conforme a análise do governador, vem da cultura, do artesanato e história indígenas.

Obrigada – Durante o evento, que foi feito no Dia da Consciência Negra, Reinaldo agradeceu aos representantes das comunidades indígenas pela eleição. Afirmou que ganhou na maioria das aldeias do Estado.

Não é isso – Reinaldo, durante o discurso, citou que adversários o acusaram de não ter preocupação com os índios na eleição de 2014 porque ele era produtor. 'Provei o contrário com um governo que fez um ótimo trabalho para essa população'.

Aprovação – Caciques presentes também citaram nos discursos ações do governo tucano, como Caravana da Saúde, Vale Universidade e projetos de assistência técnica e distribuição de sementes. A criação da Subsecretaria dos Povos Indígenas também foi lembrada.

Atenção roubada – Na agenda da tarde do governador, o anúncio do Rally dos Sertões, foi preciso chamar atenção dos jornalistas que queriam falar mesmo era da confirmação do nome do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) como ministro de Saúde.

Foco - O chefe do Executivo deu seu posicionamento sobre o anúncio, dizendo, em linhas gerais, que o nome é positivo. Logo depois da resposta, a assessoria já lembrou que a agenda era Rally dos Sertões. O lembrete gerou risos.

Twitter – No microblog, que tem sido o veículo dos anúncios dos ministros pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, também ferveu com a indicação de Mandetta, que já era cogitada há dias. O assunto ficou entre os mais comentados durante boa parte do dia e só foi superado quando começou o jogo da seleção brasileira contra Camarões.

Vencidos – Dos 12 clubes de futebol que vão disputar o estadual de futebol em Mato Grosso do Sul, só dois rejeitaram a ideia de adotar os pontos corridos. Mesmo assim, a mudança foi vetada pela Confederação Brasileira de Futebol.

Alívio – A TV Morena, que transmite os jogos desde 2010, não participou da reunião. Mas é diretamente beneficiada por ela. Em um campeonato já sem muita audiência, pontos corridos seriam um risco ainda maior. É só imaginar um time muito à frente dos outros com várias rodadas de antecedência.

(Com Leonardo Rocha e Mayara Bueno)

Diplomação tem "clima universitário" e Bolsonaro "presente"
Festa – Realizada na mesma época das colações de grau de universitários, a diplomação dos eleitos neste ano teve um quê desse tipo de festa. A platei...
Preso usa marmita para escapar da polícia
MacGyver – Na sexta-feira passada, o detento Thiago Miranda dos Santos Ferreira, de 19 anos, conseguiu abrir as algemas e escapar, na porta do Presíd...
Marília Mendonça, rainha da sofrência e da "fofura"
Gente boa – Marília Mendonça não é famosa só por sua voz e pelo sucesso tão jovem. É querida pelas fãs por ser despachada e, ao mesmo tempo, simpátic...
Reajuste colocaria folha dos servidores em risco
Reflexo – Há uma séria preocupação dentro da prefeitura de Campo Grande com um aumento no salário do prefeito. É em relação ao que significaria o rea...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions