A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/03/2014 06:00

Saúde quer meta que nem particular cumpre para posto

Edivaldo Bitencourt

Justificativa – A deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB) justificou a proposta de dar desconto de 50% para ex-gordinhos em restaurantes. Ela disse que o benefício já é concedido a quem fez cirurgia bariátrica em outros locais, como Campinas (SP) e Vila Velha (ES).

Pizzaria – Segundo a deputada, uma pizzaria até já implantou o desconto de 50% em Dourados. Como os ex-gordinhos comem menos, eles passaram a ter direito a pagar apenas metade do valor de um rodízio. O projeto da deputada foi arquivado na Comissão de Constituição e Justiça.

Confusão – A coletiva do prefeito Gilmar Olarte (PP) foi marcada pelo atropelo e apuros. Inicialmente seria às 10h, depois às 8h30 e, por fim, começaria às 8h. O local também mudou do gabinete da Esplanada Ferroviária para o Grand Park Hotel.

Perdido – A mudança foi tanta que o vereador Edson Shimabukuro (PTB) se perdeu e foi até a Esplanada para acompanhar a coletivo. Essa foi a justificativa apresentada pelo petebista para chegar atrasado à coletiva no hotel.

Em baixa – Com a nova administração de Campo Grande, o Facebook deixar de ser “o jornal oficial” do município. O prefeito Gilmar Olarte (PP) anunciou ontem que vai usar os meios de comunicação para se comunicar com a população. E prometeu tratar todo mundo em condições de igualdade.

Calado – Cassado pela Câmara Municipal, Alcides Bernal (PP) adorava comunicar agenda e feitos pela mídia social. Ontem, após ser acusado de causar prejuízos e até de ser incompetente pelo sucessor, ele preferiu o silêncio. Nem no Facebook se manifestou sobre as acusações.

Calma – Durante visita à UPA do bairro Coronel Antonino, o prefeito Gilmar Olarte não perdeu a calma ao ouvir as queixas dos usuários. Ao escutar um usuário exaltado, ele disse que para o homem manter a calma e falar baixo. “É uma herança”, justificou, sobre a demora no atendimento na unidade de saúde.

Jamal – O secretário municipal de Saúde, Jamal Salem, fez uma promessa difícil de ser cumprida. Ele disse que a meta é marcar a consulta em até sete dias. Uma usuária incrédula reagiu. “Nem no plano de saúde particular a gente consegue fazer isso”, disse. A platéia caiu na gargalhada.

Promessas – A campanha eleitoral já está na rua. O senador Delcídio do Amaral, pré-candidato a governador pelo PT, adiantou que pode acabar com o Fundersul, fundo instituído pelo seu partido em 1999. Ele fez a promessa durante encontro com produtores rurais na Acrissul.

Bate de pronto – O governador André Puccinelli (PMDB) defendeu a manutenção do Fundersul. Ele não deixou a promessa sem resposta. Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal considerou constitucional a lei que instituiu mudanças no fundo em 2007.

(colaboraram Kleber Clajus, Lidiane Kober e Zana Zaidan)

Dagoberto mente, diz liderança do PDT
É fake – As última declarações do deputado federal e presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira, sobre os pedidos de expulsão do jui...
Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions