A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


10/11/2015 06:00

Suplentes voltam para julgar Olarte na quinta-feira

Edivaldo Bitencourt

Quinta – A Câmara Municipal conclui a segunda Comissão Processante na quinta-feira. Os vereadores vão decidir o futuro do prefeito afastado Gilmar Olarte (PP), que é réu no Tribunal de Justiça por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Suplentes – A votação ocorrerá depois de amanhã porque o presidente da Câmara, Flavio Cesar (PTdoB) precisa convocar os suplentes dos autores do pedido para criar a Comissão Processante: Luiza Ribeiro (PPS), Marcos Alex e Thaís Helena, ambos do PT.

Quinze minutos – Aldo Donizete (PPS), Élbio dos Santos e Roberto Durães, do PT, voltarão a ter os 15 minutos de fama. Eles já tinham sido convocados para votar a criação da Comissão Processante em agosto deste ano.

Mistério – João Rocha (PSDB), presidente, Paulo Siufi (PMDB), relator, e Chiquinho Telles (PSD), decidiram descartar a publicidade dos atos da Comissão Processante. Eles aprovaram o relatório em reunião secreta e fechada. Já o relatório contra Alcides Bernal (PP), em 2013, foi votado em sessão pública e concorrida.

Arquivamento – Como Gilmar Olarte (PP) vai ser julgado pelo Tribunal de Justiça no dia 27 deste mês, Paulo Siufi deve recomendar o arquivamento do relatório no caso da denúncia dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Olarte também foi o primeiro prefeito a ser preso na história da Capital.

Eleições – O PT decidiu, ontem, que o candidato do partido nas eleições de 2016 será o deputado federal Zeca do PT. Ex-governador e ex-deputado estadual, ele será candidato pela terceira vez. A última que disputou a prefeitura foi em 1996, quando perdeu para André Puccinelli (PMDB) por 411 votos.

Lista – Faltando 11 meses para as eleições, a disputa a sucessão de Bernal começa a ganhar contornos. Além de Zeca, o médico Ricardo Ayache (PSB) também deve ser candidato. Marquinhos Trad quer disputar, mas ainda depende de um partido que não seja o PMDB.

PSDB – O partido do governador Reinaldo Azambuja tem três secretários no páreo para disputar a prefeitura. Além da vice-governadora Rose Modesto, a sigla tem os secretários de Governo, Eduardo Riedel, e de Administração, Carlos Alberto Assis.

Visitas ilustres – Mato Grosso do Sul terá visitas ilustres neste mês. Na sexta-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) vem para o lançamento do programa social do Governo estadual. No dia 20, o ex-ministro Ciro Gomes, como pré-candidato a presidente do PDT, vem para evento do partido na Câmara Municipal.

Justiça – O Tribunal de Justiça deve voltar a analisar o pedido do vereador Mario Cesar Oliveira (PMDB) para voltar à Câmara Municipal. Ele aguarda o julgamento do órgão para decidir seu futuro político.

(colaborou Antonio Marques)

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions