A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/06/2011 06:00

Cumpadres

Jogo Aberto

Foi duro e virou bate-boca o almoço de ontem entre a presidente e a bancada do PMDB em Brasília. Uma das discussões mais "violentas" foi com o senador Waldemir Moka. Dilma Roussef disse que vetaria o Código Florestal, caso fosse aprovado no Senado com anistia aos produtores ilegais, Moka ficou revoltado.

Ao responder sobre como está Campo Grande em relação ao cumprimento da Lei da Transparência, o prefeito Nelsinho Trad falou que o portal da prefeitura cumpre em 90% as exigências.

Nelsinho Trad comentou que vai enviar equipes da prefeitura para Curitiba (PR) e aperfeiçoar alguns pontos, como a atualização dos gastos do Executivo Municipal em tempo real.

Pelo twitter, o deputado Federal Luiz Henrique Mandetta mostrou que vai adotar como uma das bandeiras o combate ao tráfico de drogas e de armas, mas ironiza quanto aos dados de que a porta de entrada está em municípios de fronteira em Mato Grosso do Sul. “A mídia fala que MS é a porta de entrada da droga, então vamos colocar porteiro”, sugeriu.

A vereadora Thaís Helena (PT) arrancou boas risadas da platéia ontem, durante audiência pública na Câmara que teve a participação do secretário de Obras do Município, Antônio De Marco. Deu uma de meteorologistas e das mais alarmistas.

Ao questionar a estrutura da cidade para enfrentar as chuvas, disse que dezembro e janeiro próximos serão meses de temporais ainda mais fortes que os registrados na virada de 2011. O secretário agradeceu as informações meteorológicas, mas disse que prefere ser mais otimista.

Advogados de Dourados têm reclamado muito da demora de processos na Justiça Federal. Segundo eles, o problema é falta de peritos. O número reduzido tem atrapalhado, principalmente, na área previdenciária. Também são mais de cinco mil processos em tramitação com apenas dois juízes em cada Vara.

O Encontro Regional do Centro Oeste do PSDC será em Campo Grande, começa no sexta, com a participação do presidente nacional da legenda, José Maria Eymael, no Hotel Jandaia. O partido, como sempre, pensa alto em eleger prefeitos em 2012.

Depois dos produtores, que reuniram a imprensa na terça-feira, hoje os ambientalistas vão falar em coletiva sobre o Código Florestal aprovado pela Câmara Federal. As entidades encontraram 19 pontos negativos no texto e vão rebater as informações de que a mudança não vai prejudicar o meio ambiente.

Na Fetems, o trono mudou de rei, mas as mesmas cabeças continuam coroadas. O novo presidente, eleito ontem, era tesoureiro e braço direito do atual, Jaime Teixeira. Com chapa única, Roberto Magno Botareli Cesar foi conduzido à presidência e Jaime agora vai ser o responsável pelo caixa.

Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja reforçou o discurso de que, ...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...


O que eu mais acho engraçado é que na hora de falar de algo ruim todos os brasileiros sabem que é Mato Grosso do Sul e não Mato Grosso, e pra terminar, esses políticos não tem nem o que nós falarmos mais, é só Deus na causa deste Brasil mesmo.
 
Bianca Chaves em 02/06/2011 12:56:12
É FETEMS uma classe Trabalhadora..Mais o seu Jaime e Roberto , são realmente uns trabalhadores pela classe ou só leva vantagem?? Trabalhadores são os professores..
E concordo sim que só trocou de rei, é um jodo de cumpadres sim...
 
Sandra aparecida de Souza em 02/06/2011 12:38:21
É muito engraçado quando nós trabalhadores recebemos uma multa de transito ou de algo que deixamos de pagar por forca maior, os senhores deputados e senadores não se revoltam, agora que a senhora Dilma se recusa a aceitar anistiar estes grandes latifundiarios senhores de engenhos, grandes fazendeiros produtores ilegais,que destruiram parte de nossas Floresta, o senhor deputado Moka fica todo nervosinho. Toma vergonha senhor Deputado seus "amigos", tem que pagar sim já que nos pagamos nossos impostos em dia, eles tem que pagar pelo que destruiram.
 
Ramao Rodrigues em 02/06/2011 09:47:03
VOCÊ DIZ: "Na Fetems, o trono mudou de rei, mas as mesmas cabeças continuam coroadas".
EU PERGUNTO: "E na FIEMS?"
Será que a FIEMS, por ser PATRONAL, é MENOS IMPORTANTE para avacalhar do que a FETEMS, por ser uma entidade da CLASSE TRABALHADORA?

Obs: Por favor, publiquem este comentário!
 
pablo ramenzzoni em 02/06/2011 08:39:04
Eu nem estou querendo ver as contas do nelsinho, juro, estou querendo ver as ruas e avenidas de Campo Grande recapiadas, recuperadas... elas são as piores ruas do Brasil, uma vergonha... algumas com apenas dois anos já estão esburacadas...isto desvaloriza a cidade com certeza.
 
agricio araujo em 02/06/2011 03:57:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions