A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


03/12/2011 08:00

Toma que o filho é teu

Jogo Aberto

Natal sem peru

A reforma anunciada pelo prefeito Nelsinho Trad (PMDB), na verdade é um ultimato aos partidos aliados que já estão com seus pré-candidatos nas ruas em campanha pela sua sucessão, como o PSDB, condição que gera desconforto. Segundo Nelsinho, sua intenção é fazer a reforma ainda este mês.

O PPS, que detém uma boa fatia na administração do PMDB, no entanto, recebeu a notícia com tranqüilidade. Mas não sinalizou a disposição de deixar de imediato a presidência da Funsat (Luiza Ribeiro), a Fundação de Cultura (Roberto Figueiredo) e o Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (César Galhardo).

Modulações

A reforma no secretariado de Nelsinho sugere também a entrega de cargos do PP, mas dificilmente o divórcio se consumará diante da dissidência atribuída ao presidente da Emha, Paulo Matos, em relação à pré-candidatura do deputado Alcides Bernal. O rompimento com Athayde Nery, pré-candidato do PPS, também é tido como ‘doloroso’ pelos tentáculos do partido enraizados na administração da Capital.

Recomendação

O PMDB já tinha solicitado a aplicação da regra da fidelidade pré-eleitoral nas administrações onde o partido compartilha o poder.

Ontem o diretório regional reuniu 30 pré-candidatos no Hotel Jandaia para repassar a estratégia do partido nas eleições municipais, que tem como norte a aspiração pelo Palácio do Planalto e 2012 é o trampolim.

The man

O vice-presidente da República Michel Temer fica menos de duas horas em Campo Grande no início da semana, participando de cerimônia no CMO (Comando Militar do Oeste) sobre a operação Ágata III.

Temer é o nome do PMDB para a sucessão presidencial e está disposto a esperar o tempo que for necessário, até uma eventual reeleição de Dilma Roussef, repetindo a fórmula Lula, de dois mandatos com a mesma chapa.

Lambarís

A fiscalização da Agetran e Agepan para coibir o transporte de passageiros em veículos de passeio e utilitários e vans sem licença tem seu lado positivo, pois elimina a hipótese da ocorrência de acidentes de conseqüências trágicas.

O que chama a atenção, no entanto, é a ‘preferência’ pelos pequenos. Desde a blitz da Ciptran que flagrou ônibus a serviço do governo na Interlagos, com documentação vencida, não se tem notícia de outra ação em cima das grandes empresas de transporte urbano e intermunicipal na chamada rota de Bonito.

Nomes aos bois

Para clarear nota de ontem sobre o mau exemplo de vereador que teve carro apreendido em Nova Andradina por documentação vencida, trata-se de um Renault/Megane com placas da cidade de Paranavaí/PR, pertencente a Vicente Lichoti (PT). O carro era dirigido pelo pai do vereador quando foi parado em uma blitz da PM.

Cruzada contra as drogas

O deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) apresentou ontem, em Montevidéu (Uruguai), durante a primeira sessão plenária do Parlamento do Mercosul (Parlasul), a proposta de criação de uma comissão especial a ser integrada por parlamentares dos países membros do bloco para cuidarem especificamente do enfrentamento ao tráfico e consumo de drogas. A proposta de Mandetta foi subscrita pela maioria dos membros da representação brasileira presente ao encontro.

Made in Campo Grande

A cidade de São José do Rio Preto, no interior paulista, está se espelhando em Campo Grande para sua mobilidade urbana. O terminal rodoviário é um dos pontos catalogados ontem, e coincidiu com ‘vistoria’ do prefeito Nelsinho Trad.

Unissex

Perguntado ontem sobre a ideia de transferência do presídio aberto e semiaberto masculino para o presídio feminino no bairro Coronel Antonino, Nelsinho Trad disse que não vai se preocupar com um problema que não é dele, está muito compenetrado nas obras de sua administração, que estão aceleradas, como o complexo Buriti-Lagoa, que pode receber o carimbo da presidente Dilma no dia 15.

Correria

E o deputado Edson Giroto (PMDB-MS) não para de girar entre Brasília e Campo Grande, na Capital e interior. Ontem anunciou que a obra que faz o prefeito entrar em concentração total terá mais R$ 837,8 mil do Ministério das Cidades. O dinheiro foi depositado na conta do Governo do Estado e servirá para conclusão da urbanização e drenagem na bacia do Córrego Lagoa, que estão com 88% concluídos.

Segundo a Prefeitura, o projeto de urbanização do fundo de vale foi dividido em três etapas: assentamento e saneamento de 100 famílias no Portal Caiobá II, intervenção com implantação e pavimentação das vias marginais aos parques e ciclovias e drenagem pluvial, além do assentamento das 102 famílias do Residencial Aquarius II.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions