A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


11/02/2012 08:01

Turma nova

Jogo Aberto

Tomando conta

A Assembleia Legislativa ainda não bateu o martelo no nome de Ronaldo Chadid para conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul. Mas como a ida dele para a função é mais do que certa, Chadid já está tomando suas providências para quando assumir o lugar.

Limpa

Entre as medidas já adotadas pelo futuro conselheiro do TCE foi solicitar a demissão dos funcionários comissionados do gabinete. Os que estavam com Paulo Saldanha, que se aposentou, estão sendo dispensados, para dar lugar a funcionários de confiança de Chadid, quando ele for efetivado no cargo, o que deve ocorrer nos próximos dias.

Previsão

A indicação com nome de Chadid começou a tramitar na terça-feira passada. A votação no plenário estava prevista para quarta ou quinta, mas acabou ficando para a próxima semana.

Será que passa?

O deputado Cabo Almi (PT) está colecionando sugestões improváveis à Assembleia. A mais recente foi de que a lista de presença passe a ser assinada no final da sessão e não no início, como é hoje, para garantir quórum na análise dos projetos. A ideia foi apresentada à presidente em exercício esta semana, Dione Hashioka (PSDB), que sugeriu a Almi apresentar proposta de mudança no regimento interno da Casa.

Difícil de emplacar

A julgar pela rotina de alguns deputados, a tarefa de Almi para tornar realidade sua sugestão é bem difícil. Maurício Picarelli (PMDB), por exemplo, costuma deixar as sessões antes das 11h, porque apresenta programa na televisão após esse horário.

Crítica da crítica

Na apresentação de resumo das atividades da Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado no último ano, que ainda vai ser publicado, o desembargador Atapoã da Costa Feliz comparou a estrutura do Judiciário em MS com o aumento da demanda de processos, nos últimos anos, e considerou que a primeira não acompanhou o segundo. O desembargador define como “parcos” os recursos destinados ao Poder Judiciário e argumenta que quem critica o andamento da Justiça não faz essa ponderação.

Informatização

Na defesa do trabalho do Poder Judiciário, o desembargador destaca a implantação do sistema eletrônico de tramitação de processos em 65% das comarcas de Mato Grosso do Sul e diz que até o fim do ano isso chegará a 100%.

Denúncia vazia

Responsável pelo trabalho de apurar as denúncias contra juízes e servidores, o desembargador afirmou, no pronunciamento lido em sessão reunindo todos os colegas do TJ, que boa parte do que chega à Corregedoria tem motivação emocional e, muitas vezes, a culpa é da estrutura oferecida ao Judiciário.

“Não se pode punir juízes e servidores pelo excesso de trabalho e falta de infraestrutura”.

Autoridade

Apesar de não ocupar mais a presidência da Assembleia, Londres Machado (PR) faz questão de disciplinar os colegas. Durante sessão esta semana, Paulo Duarte foi informado pela presidenta em exercício, Dione Hashioka (PSDB), que tinha três minutos para se pronunciar e Londres emendou: “Três minutos hein deputado”. Paulo Duarte atendeu ao pedido com outra brincadeira: “Sim, eterno presidente do PR”?

Folia consignada

Em Corumbá, conhecida pelo gosto da população pelo Carnaval, os servidores municipais vão ter uma ajudinha para sair em um dos mais tradicionais blocos da cidade, o Sandálias do Frei Mariano. A camiseta que dá direito a participar do bloco vai poder ser comprada e paga com desconto na folha de pagamento.

Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions