A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/02/2017 07:00

Velho hábito de fazer do poder uma agência de emprego

Waldemar Gonçalves

Cuido do meu – O ex-vereador Edson Shumabukuro (PTB) esteve na Prefeitura de Campo Grande na manhã de ontem. Foi reconhecido por um ex-funcionário da Câmara Municipal, que não hesitou em pedir que ele lhe conseguisse um cargo comissionado.

Procure outro – Simpático, porém direto, Shimabukuro foi enfático ao dizer que a situação não estava boa e que ele havia conseguido emprego para algumas pessoas que trabalhavam em seu gabinete. O rapaz garantiu que já trabalhou com vários vereadores e o ex-parlamentar recomendou então que ele procurasse quem ainda está na casa de leis.

Ex-comandante – O deputado estadual Carlos Alberto David dos Santos, o Coronel David (PSC), garante que até agora não houve sondagem ou convite para assumir cargos no Governo, como a Agepen, agência que administra os presídios, ou até a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública). Ex-comandante da Polícia Militar, ele é citado como um dos nomes para o setor na atual administração estadual.

Poder paralelo – David diz que está feliz com suas atividades no parlamento. Fala que apenas recomendou ao governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), a escolher alguém com "disciplina rígida e autoridade" para o lugar de Ailton Stropa na Agepen. "Tem que ter pulso para combater este poder paralelo nos presídios".

Regras militares – David ainda revelou que articula com o governo estadual, um projeto diferenciado de reforma da previdência para os policiais militares e bombeiros, lembrando que existe um regramento e normas próprias a estes servidores. "Estamos discutindo e fazendo um estudo específico sobre o tema, tendo um diálogo produtivo com o governo".

Blocos na casa – Seguindo os mesmos moldes do ano passado, a Assembleia Legislativa deve ter dois blocos parlamentares, liderados pelo PSDB e PMDB, além da bancada do PT, para a formação das comissões permanentes. Já a base aliada do governo estadual continua intacta, com 20 integrantes, e apenas quatro deputados na oposição.

Mudando a imagem – Depois de ter virado notícia por transformar seu gabinete em cabide de emprego para o namorado, a vereadora Dharleng Campos (PP) agora corre atrás de melhorar sua imagem. Anunciou que lançará semana que vem um “gabinete itinerante” para atender a população nos bairros.

Companheiros – O presidente estadual do PT, Antônio Carlos Biffi, se encontrou com Lula em São Bernardo do Campo ontem. Disse que o ex-presidente estava abatido, mas controlando a situação e tomando as providências necessárias. "Fomos dar um abraço e levar a solidariedade do povo de Mato Grosso do Sul neste momento triste".

Agenda cheia – Pouco de mais um mês após assumir a Prefeitura de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), tido agenda cheia no seu gabinete. Entre reuniões com secretários e servidores, o chefe do Executivo ainda recebe cerca de 500 pessoas por dia. Nesta sexta-feira (3), das 6h47 até às 9h30, 135 pessoas já tinham passado pelo paço municipal.

Conta – Com tantas pendências de fornecedores a Prefeitura de Campo Grande tem gastado em telefonia móvel. A conta do Executivo Municipal com uma operadora, que vence este mês, tem o valor de R$ 301 mil. O funcionário da empresa, que não quis se identificar, disse que já chegou a entregar contas com valor acima de R$ 600 mil.

(com Leonardo Rocha e Yarima Mecchi)

Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions