A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/10/2015 06:00

Vereador erra grupo no Whats e manda foto de mulher nua

Edivaldo Bitencourt

Simpatia – A situação de Campo Grande tem assustado autoridades. Em um dos órgãos do Poder Judiciário, funcionário com cargo de confiança surpreendeu os colegas ao espalhar sal grosso na sala. E ainda justificou que é para espantar os maus espíritos que pairam sobre a cidade.

Pelada – Um vereador surpreendeu grupo de WhatsApp ao enviar a foto de uma modelo nua. Sem graça, o parlamentar admitiu o erro, pediu desculpas e vazou, literalmente. No entanto, após apelo dos amigos, ele retornou ao grupo.

Gostosa – A fotografia da mulher pelada coincidiu com a divulgação de que a polícia investiga o golpe da gostosa. Uma golpista estaria se passando por médica e até envolvido políticos. O número de vítimas ainda não foi divulgado.

Fôlego – A decisão do Tribunal de Justiça, de adiar o julgamento do recurso da Câmara Municipal, deu mais fôlego para o prefeito Alcides Bernal (PP) e também para os seus adversários. Os desembargadores podem afastar o progressista do cargo no dia 3 de novembro, dia seguinte do Dia de Finados.

Rede – O partido da ex-senadora Marina Silva recebeu o primeiro reforço em Mato Grosso do Sul. O vereador Eduardo Romero, que já fez companhia a ela no PV, trocou o PTdoB pelo Rede. Ele é o primeiro vereador da Capital a integrar a sigla.

Frio – Faltando um ano para as eleições, a abertura da janela em março esfriou as articulações para definir os partidos que vão disputar a sucessão de Bernal. O PT e PMDB continuam sem saber quem vão lançar para disputar a prefeitura da Capital em 2016.

Dia – O vereador Mario Cesar Oliveira da Fonseca (PMDB) tem esperança de voltar ao cargo nesta quarta-feira. O Tribunal de Justiça vai julgar o recurso contra a decisão do desembargador Luiz Cláudio Bonassini da Silva, que o afastou do cargo de presidente e da Câmara Municipal.

Pizza – A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) não deve enfrentar, a princípio, processo por ter feito acusações contra os vereadores e ex-aliados. Bombardeada por críticas, a parlamentar não deve enfrentar processo por quebra de decoro e correr risco de perder o mandato.

Abandonado – O caos aumenta a cada dia em Campo Grande. O pior de tudo é que não há ação de órgão público nenhum para acabar com a situação. Ministério Público, Defensoria e Bernal estão ignorando, até o momento, a paralisação da coleta do lixo pela Solurb.

Tensão – Policiais federais e militares já estão em Antônio João para iniciar a desocupação das fazendas. O clima é tenso. O Governo trabalha com cuidado para evitar nova tragédia, como ocorreu em 2013 em Sidrolândia, quando a desocupação terminou na morte de um indígena.

(colaborou Ricardo Campos Jr.)

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions