ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 19º

Jogo Aberto

Vice investiga prefeito

Por . | 02/07/2013 06:08

Fogo Amigo? - Professora da rede municipal de ensino recebeu e-mail de pessoas ligadas ao vice-prefeito Gilmar Olarte (PP) pedindo informações sobre a situação dos kits escolares e alimentação nos locais onde cada uma trabalha, querendo saber se existe algum problema.

Eu heim - A professora, que pediu para não ter o nome divulgado, também não respondeu a solicitação. Diz que achou estranho o fato do pedido não ter sido feito de forma “oficial” à direção da escola e, pior, enviado pelo vice do prefeito Alcides Bernal.

Campanha – Não adiantou o prefeito fazer denuncia à Policia Civil sobre a campanha “difamatória” na rede social “Fora Bernal”, que segundo ele é promovida por grupos políticos que perderam a eleição.

Na rua - A campanha já ganhou as ruas, tem adesivos e adeptos que afixaram a proposta nos carros. Em passeio no final de semana pelo centro da cidade, já poderia se notar vários destes veículos de “oposição”.

Visões - Após entrevistar o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), um repórter foi falar com o presidente da Câmara, vereador Mario Cesar (PMDB) e acabou o chamando de prefeito. Mario não achou nada ruim e logo respondeu “se você está profetizando eu aceito”.

Insuportável - O ex-diretor do HU, Gualberto Nogueira, explicou à CPI da Saúde, durante oitiva na manhã de ontem, que saiu do comando do hospital porque não aguentava mais não ter suas solicitações atendidas.

De novo não - O médico afirmou que não serve para ser vereador pelo mesmo motivo. “Já pensou eu ir a um bairro, fazer solicitação para melhorá-lo e passar dois, três anos e não ter nada resolvido?”

Cutucões - O clima de discórdia partidária se estendeu à CPI do Calote. Ontem, durante reunião da comissão, o vereador Marcos Alex (PT) provocou o vereador Elizeu Diozio (PSL) de todas as formas.

Falatório - Enquanto Elizeu fazia suas observações duras contra o prefeito, sobre o andamento da investigação da Comissão de Inquérito, o petista atendia o celular ou chamava algum assistente para conversar.

Não aguenta? - Em dado momento, enquanto Elizeu falava diretamente com Marcos Alex, o petista não gostou da conversa e simplesmente saiu da mesa, foi atender ao celular do lado de fora do plenário, mesmo no meio da reunião da comissão.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário