A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

02/03/2018 12:11

Armários antigos de madeira viram as estrelas na cozinha, sala e quarto

Ângela Kempfer
Na cozinha moderna, armário lembra antigas farmácias, mas agora guarda louças.Na cozinha moderna, armário lembra antigas farmácias, mas agora guarda louças.

Móvel "velho" é hoje a alma de um ambiente. No meio de tanta madeira estrategicamente planejada, eles rompem a métrica moderna com manchas e lascados que guardam histórias das famílias. Mas até quando não existe o apego afetivo, peças antigas são o ponto de luz ao dar o ar da graça em qualquer que seja o espaço.

Em Campo Grande, entrar na onda nostalgia não é barato, mas ainda sai mais em conta que contratar um marceneiro.  Pelas lojas de móveis usados da Rua Cândido Mariano, a gente encontra cristaleiras e guarda-roupas por preços entre R$ 1.700,00 e R$ 2.500,00, em várias tonalidades de madeira.

A maioria das peças está pronta para uso, outras dependem de uma lixadinha para retirar o verniz grosso e usado durante muito tempo sem cuidado na aplicação. 

Depois, é só colocar estratégicamente na cozinha, na sala ou nos quartos. A madeira real aquece a atmosfera e pode ganhar versões descoladas se a ousadia permitir. Para inspirar, a gente reuniu alguns projetos que recorrem a estética retrô ou preferem o contraste do antigo com o contgemporâneo.

Armário embutido em versão retrô, com o papel de parede para unificar a estética.Armário embutido em versão retrô, com o papel de parede para unificar a estética.
Estilo bem mais rústico, de demolição.Estilo bem mais rústico, de demolição.
Na sala, a peça antiga organiza objetos e livros.Na sala, a peça antiga organiza objetos e livros.
Cristaleira em loja da Cândido Mariano custa R$ 1.700,00.Cristaleira em loja da Cândido Mariano custa R$ 1.700,00.
Na mesma região, há vários guarda-roupas por R$ 1.900,00Na mesma região, há vários guarda-roupas por R$ 1.900,00


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.