ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Arquitetura

Casa ganha área de lazer com cara de resort e natureza por perto

Arquitetas ainda usaram a versatilidade dos muros de gabião para família lembrar dos banhos de cachoeira da infância

Por Thailla Torres | 28/08/2020 07:45
Piscina ganhou formato em linhas retas com 'prainha' para a família. (Foto: Janaina Lott)
Piscina ganhou formato em linhas retas com 'prainha' para a família. (Foto: Janaina Lott)

Como toda história de amor, a desta casa tem um enredo envolvente, que começa há muitos anos, quando a proprietária apaixonada por natureza decidiu  morar numa casa de campo dentro da cidade, cercado de verde, e também o projeto que abrigaria a futura família. Com o tempo, veio o sonho de ter filhos e ela sentiu a necessidade de tornar o espaço mais adaptado ao novo estilo de vida, investindo numa reforma que abraçaria os momentos de lazer entre pais e crianças.

Como a área de lazer e a casa não eram integradas, e havia uma piscina gigantesca, cheia de curvas, que causava certo de temor de ver crianças por perto, a proprietária decidiu começar a reforma pela piscina e ter um cantinho diferente para aproveitar em família.

A ideia inicial era só trocar a piscina, deixando de lado o vinílico e optando por uma pedra mais moderna, que trouxesse também um clima de tranquilidade em meio à natureza. É claro que a mudança não se resumiu à piscina e as arquitetas que assinam o projeto, Maysa Campos e Camyla Matos, apostaram numa reforma que deixou o casal apaixonado e fez a dona comparar a própria área de lazer como uma piscina de hotel ou resort.

Deck que abriga momentos de confraternização em família. (Foto: Janaina Lott)
Deck que abriga momentos de confraternização em família. (Foto: Janaina Lott)
Área de lazer ficou com cara de hotel, segundo a dona. (Foto: Janaina Lott)
Área de lazer ficou com cara de hotel, segundo a dona. (Foto: Janaina Lott)

E dá para chamar mesmo. O lugar encanta e proporciona um relaxamento à família só de olhar. Nos dias mais frios, mesmo que a piscina não seja utilizada, os espaços criados no entorno viraram pontos perfeitos para uma confraternização, café da tarde ou até mesmo um tereré em família, como todos ali gostam.

“Quando ela pensou em dar uma repaginada, optamos em dar uma modernizada e inserir linhas mais retas na piscina. A proprietária sempre teve mente e coração abertos para mudanças e assim que viu o projeto ficou encantada, disse que parecia piscina de hotel, foi essa expressão que ela usou”, explica a arquiteta Camyla.

A proposta foi ter uma piscina que tivesse volumetria para receber crianças em segurança, por isso, foi criado uma ‘prainha’ onde é possível entrar com tranquilidade e nadar à vontade, especialmente os pequenos. Do outro lado da piscina, em espaço dividido, as arquitetas inseriram uma hidro, bem ao lado de um deck de madeira que parece ‘entrar’ na água. Ali o espaço foi pensado nos adultos, que podem se reunir e ao mesmo tempo se manterem próximos a criançada.

Muro de gabião trouxe rusticidade e lembranças da infância. (Foto: Janaina Lott)
Muro de gabião trouxe rusticidade e lembranças da infância. (Foto: Janaina Lott)

Além da beleza e a natureza que cobre e abraça o projeto, desde a primavera que sobe pelo deck às palmeiras que estão por todos os lados e contrastam com o projeto mais contemporâneo da piscina e também dos itens de decoração, a funcionalidade e conforto foram igualmente privilegiados na reforma.

Em dias de sol escaldante como o que ocorre, e muito, em Campo Grande, ninguém merece mal conseguir andar em volta da piscina por causa do piso quente, por isso, as arquitetas optaram por revestimentos com tecnologia térmica, garantindo temperaturas adequadas em dias quentes.

Por exemplo, no lugar da pastilha de vidro, Maysa e Camyla escolheram as peças de cerâmica Fiji, que preservam um toque rústico na área externa, mas sem abrir mão da sofisticação, além disso ela dá um tom na água que lembra um pouco da pedra Hijau, uma das queridinhas nos projetos para piscinas atualmente.

Em harmonia com a água, as cerâmicas compõem um visual elegante, nos remetendo a imagens de frescor e elegância, como em um balneário ou em uma piscina de hotel, além claro, de ressaltar toda a beleza do verde que cerca a área externa. “Ela também absorve um pouco mais de calor deixando a água numa temperatura boa, menos gelada”.

Em harmonia com a água, as cerâmicas compõem um visual elegante. (Foto: Janaina Lott)
Em harmonia com a água, as cerâmicas compõem um visual elegante. (Foto: Janaina Lott)

Outro detalhe interessante foi o uso do muro de gabião ao lado da piscina para abrigar o chuveiro. Mais do que um espaço para ducha de quem entra ou sai da piscina, o muro de gabião, que é uma gaiola metálica de fios de aço galvanizados preenchidos por pedras de diferentes tamanhos, foi uma opção para trazer rusticidade e lembrar a família dos banhos em rios e cachoeiras na infância, especialmente com a presença das pedras.

Na decoração, móveis contemporâneos, com estofamentos impermeáveis e outros móveis de corda náuticas trouxeram o equilíbrio entre o contemporâneo e o rústico. Um verdadeiro refúgio particular para uma família que agora tem motivo de sobra para curtir a própria área de lazer.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Confira a Galeria de Imagens:
Regras de comentário