ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 22º

Arquitetura

Desmoronamento destrói casarões que são Patrimônio Mundial em Ouro Preto

Por volta das 8h30, o local foi evacuado e às 9h10, o desmoronamento aconteceu

Por Ângela Kempfer | 13/01/2022 10:52


As chuvas em Minas Gerais, agora, ameaçam Patrimônio Cultural Mundial em Ouro Preto. Parte do Morro da Forca desmoronou na manhã desta quinta-feira e já atingiu 2 casarões centenários no centro histórico da cidade, que em 1980, foi o 1º município do Brasil a entrar na lista de Patrimônio da Humanidade.

Segundo a imprensa local, não há feridos ou vítimas, porque o Corpo de Bombeiros já estava de prontidão e havia removido as pessoas de todo o entorno da Rua Diogo de Vasconcelos, nas proximidades da Praça Cesário Alvim, um dos principais pontos históricos da cidade.

Também fica na região o Museu da Pharmácia de 1839. No acervo, tem material didático de origem europeia, mobiliário, drogas e equipamentos do final so século XIX, documentos com registro de vida acadêmica e administrativa da Instituição, livros, periódicos e teses com ênfase no século XIX.

Na mesma rua fica a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, católica do século XVIII com obras de Aleijadinho.

Conforme as autoridades municipais, o local ainda apresenta muita instabilidade e pode ocorrer novo deslizamento nas próximas horas.

Segundo informações do jornal Estadão, o Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 8h30, confirmou o risco e evacuou a área. Às 9h10, ocorreu o deslizamento.

Não há ainda informações sobre quais casarões caíram. Drone registrou o exato momento da destruição. As imagens são do fotógrafo Peterson Bruscki.

Nos siga no Google Notícias