ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 19º

Arquitetura

No lar de Regiany, flâmulas e muito verde transformaram decoração

Por Thailla Torres | 17/02/2021 07:59
Além de decorar a casa no estilo "faça você mesmo", hoje Regiany é artesã na produção de flâmulas para decoração de ambientes e festas. (Foto: Stephanie Gomes)
Além de decorar a casa no estilo "faça você mesmo", hoje Regiany é artesã na produção de flâmulas para decoração de ambientes e festas. (Foto: Stephanie Gomes)

As flâmulas, aquelas bandeirinhas com dizeres, viraram itens descontraídos na decoração e isso motivou a licenciada em Letras a investir pesado no artesanato para ganhar uma renda extra e transformar a decoração da sua casa, que hoje tem um estilo mais boho e é cheia de charme.

“A flâmula é um objeto de decoração que eu amei conhecer e percebi que aqui em Campo Grande era difícil encontrar, e foi assim que fiz uma flâmula pra mim. Com elogios da família e amigos tomei coragem para criar minha lojinha”, conta Regiany Ribeiro.

A paixão por pela decoração e artesanato vem de infância. “Na adolescência fazia bijuteria de missangas, porém, o artesanato nunca foi levado como uma profissão. Hoje, casada e com apoio do meu marido, consigo fazer o que eu realmente amo e decorar minha casa com coisas que posso fazer com minhas mãos”.

Regiany mostra como parede não precisa ficar vazia. (Foto: Stephanie Gomes)
Regiany mostra como parede não precisa ficar vazia. (Foto: Stephanie Gomes)
Em sua casa, tudo foi feito no estilo faça você mesmo. (Foto: Stephanie Gomes)
Em sua casa, tudo foi feito no estilo faça você mesmo. (Foto: Stephanie Gomes)
Apostar no verde também trouxe toda personalidade à casa. (Foto: Stephanie Gomes)
Apostar no verde também trouxe toda personalidade à casa. (Foto: Stephanie Gomes)

Regiany apostou na flâmula por ser uma peça simples, mas não simplista. “Ela traz personalidade à decoração. Ela pode ser personalizada e levar para casa da pessoa uma frase que ela ama, algo que fala sobre ela, o que ela deseja falar para as pessoas que irão visitá-la”.

O trabalho é todo feito à mao, por isso, são únicas quando alguém faz encomenda. “E o bacana é que elas transformam a casa ou até mesmo um escritório e trazem aconchego”.

Em sua residência, Regiany tem flâmulas por todos os lugares, até no banheiro. E a combinação fica bacana com uso de plantas em diferentes ambientes, trazendo um estilo mais descontraído à casa.

“Decorar pra mim é um processo, você se inspira, olha o espaço que tem para decorar e o quanto você pode investir, e vai fazendo até chegar no resultado final. Hoje nossos ambientes preferidos são a sala e a cozinha. Sala tem minhas plantas, coloquei na parede objetos de palha e lembranças de viagem”, descreve.

“Cozinha é o lugar do meu ateliê, então coloquei materiais que gosto para compor a parede e ficou diferente da sala, usei pinus, e objetos feitos a mão por outras artesãs, fotos da família e carinho”, acrescenta.

Até no banheiros as flâmulas fazem a diferença. (Foto: Stephanie Gomes)
Até no banheiros as flâmulas fazem a diferença. (Foto: Stephanie Gomes)
Que tal na decoração da sala? (Foto: Marcelo Higa)
Que tal na decoração da sala? (Foto: Marcelo Higa)

Regiany destaca a flâmula transforma cada ambiente, mas se unir com itens de decoração que transbordam afeto, qualquer casa ganhar uma personalidade diferente e fica convidativa.

 “Paredes vazias não temos por aqui, cada parede tem vida no estilo que amamos. Como amo flâmula, essa peça não falta em cada cômodo da casa”.

Quem tiver interesse as famulas custam entre R$ 18,00 e R$ 40,00, o valor varia de acordo com o tamanho.

“As flâmulas fazem diferença nos eventos, aniversários, nas cadeiras dos noivos. Elas são muito versáteis, isso me fascina. E estar na vida das pessoas pelo artesanato me faz muito bem”, completa.

Para fazer encomendar, basta seguir Regiany no Instagram.

Hoje as flâmulas são fonte de renda e artesanato preferido de Regiany. (Foto: Stephanie Gome)
Hoje as flâmulas são fonte de renda e artesanato preferido de Regiany. (Foto: Stephanie Gome)

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.  

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário