ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 27º

Arquitetura

Para espantar o frio, marceneiro faz lareira de MDF e latinhas de alumínio

Jéferson queria gastar pouco, então usou a criatividade para criar uma lareira ecológica a álcool

Por Lucas Mamédio | 30/06/2021 07:27
Jéferson Martinelli logo após a fabricação de sua lareira ecológica (Foto: Arquivo Pessoal)
Jéferson Martinelli logo após a fabricação de sua lareira ecológica (Foto: Arquivo Pessoal)

Quando o frio aperta junto com o bolso, o jeito é ser criativo. E criatividade é o que não faltou para Jéferson Martinelli, designer de móveis e marceneiro campo-grandense. Ele sempre quis ter uma lareira e com esse frio colocou a habilidade em prática e não passou vontade: fabricou a própria lareira com madeira MDF, areia, pedras e latas de alumínio.

A história da lareira começa com o frio. Há cerca de quatro anos, na casa de um amigo, Jéferson estava muito frio e esse amigo tinha feito uma lareira ecológica com uma campana de patrola. Ali foi o primeiro contato da marceneiro com a ideia, mas logo passou o frio e a ideia caiu no esquecimento.

“Há poucas semanas, estava na casa de outro amigo que por coincidência também estava lá no episódio da lareira ecológica anos atrás... Estava friozinho e ele apresentou sua obra de arte, ficou super charmosa, ele usou um vazo de cimento, aqueles para plantas, sabe?”, disse Jéferson

A lareira feita com madeira MDF, areia, pedras e latas de alumínio (Foto: Arquivo Pessoal)
A lareira feita com madeira MDF, areia, pedras e latas de alumínio (Foto: Arquivo Pessoal)

A partir disso não teve como escapar, no dia seguinte ele já bolou um jeito de fazer a lareira dele. O grande lance é que o dia seguinte, era o dia dos namorados, então, de acordo com ele, “tinha tudo a ver”, estava friozinho, e com a pandemia, ele e a companheira, optaram por um “rolê” em casa.

“O legal era montar algo com recursos que tinha em casa, sem precisar de muito investimento. Uma nova no mercado custa no mínimo R$ 1.500,00. Então de logo, já encontrei dois potes de alumínio, aquele de achocolatado, e mais dois copinhos de alumínio”.

O marceneiro então montou um nicho de MDF e fez 4 pezinhos de madeira, buscando um estilo mais retro, segundo ele. Dentro da caixa de MDF forrou com uma camada de areia, para evitar um possível acidente, e em cima da areia distribuiu os quatro recipientes. Depois terminou de preencher o espaço com pedra brita.

Assista ao vídeo da fabricação:

“Aí  foi só buscar um pouco de etanol no posto de combustível, e curtir o dia dos namorados com minha namorada. Foi lindo, a lareirinha ecológica é super simples de fazer, esquenta o ambiente, não é toxica, e a história toda, fica super aconchegando na companhia dela. Ela funciona bem em qualquer ambiente, eu mesmo no dia a dia deixo ela na sala, e quando faz um friozinho não penso duas vezes para ascender”, conclui.

A ideia não era comercializar, mas com o sucesso do vídeo da montagem em seu Intagram, Martinelli resolveu vender. Uma igual a dele sai por aproximadamente R$ 300,00.

Confira o Instagram de Jéferson.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário