A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

13/11/2014 18:54

“A gente está triste, mas está em paz”, resume atriz Andréa Freire

Aline Araújo
Andréa Freire dirige o espetáculo Crianceiras. (Foto: Arquivo pessoal) Andréa Freire dirige o espetáculo Crianceiras. (Foto: Arquivo pessoal)

“A gente está triste, mas está em paz”, diz Andréa Freire, atriz e uma das diretoras mais respeitadas de Mato Grosso do Sul, que atualmente assina o musical Crianceiras, que apresenta as poesias do poeta Manoel de Barros para as crianças. O poeta a acompanha desde a adolescência. Por isso ela atribui a ele boa parte do seu “despertar “ para o mundo.

“Eu era adolescente querendo ler pela primeira vez e é uma poesia que provoca, te faz pensar na desconstrução das coisas. Lendo Manoel, eu dei saltos enormes, despertou o meu olhar para coisas que talvez eu não visse. E eu fui ao longo da minha vida lendo e decorando, tudo num prazer pessoal, até chegar o convite para o Crianceiras”, lembra.

O espetáculo proporcionou à Andréa a oportunidade de levar as poesias para o alcance de mais pessoas. “A poesia do Manoel é cheia de luz e as pessoas que se envolvem com ela entram em uma atmosfera muito especial. Tem sido assim desde o primeiro momento, a gente percebe como o clima da poesia contagia”, comenta.

Para a diretora, a notícia da morte do poeta transformou o dia, mas não de maneira dura. “É um dia mais suave, as palavras do poeta ficam na nossa mente e ter essas palavras significa paz. Acho que ele já transmite essa paz há muito, tempo”, comenta com carinho.

A artista se sente honrada em ser instrumento para propagar a obra do poeta por onde passa com o Crianceiras. “Ser porta-voz da obra dele, que é um ser humano com uma capacidade de luz, é incrível, ainda mais por ter uma resposta carinhosa do público, principalmente, das crianças que captam energia do poeta que é genuína”



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.