A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

14/09/2017 22:25

Almir Sater faz show especial para lançar música que comemora os 40 anos de MS

Mariana Lopes
(foto: Chico Ribeiro)(foto: Chico Ribeiro)

O cantor e compositor Almir Sater apresentou, na noite de ontem (14), a canção que fez para homenagear os 40 anos de Mato Grosso do Sul. O show foi no Palácio Popular da Cultura, com clássicos que também já se transformaram em hinos do Estado.

Na entrada, a estátua de Manoel de Barros, que foi notícia em toda a imprensa regional por causa da falta de local para recebê-la, recepcionava os convidados da noite. Personagens de paraguaias, prendas, árabes, também compunham o cenário, representando a diversidade cultural e as tantas influências de colônias.

Com o teatro lotado, o show começou próximo às 20h30. Almir Sater foi chamado ao palco pelo governador de MS, Reinaldo Azambuja, que em seguida pediu para exibirem clipe da canção "Coração do Brasil".

Depois, o palco era inteiro de Almir Sater, que presenteou a todos da plateia com os sucessos de sua carreira. "Coração do Brasil" foi a penúltima apresentação da noite e, para encerrar o show, "A Chalana". O público vibrou, cantou junto e se emocionou. O mesmo aconteceu quando Almir Sater soltou os primeiros acordes de "Trem do Pantanal".

A proposta é que a nova composição também se torne referência e reforce o "do Sul" no nome do Estado. "Há alguns anos, fiz uma música chamada Terra Boa, que na letra dizia 'moço, moço', e eu, pra não perder a rima, usei 'o Sul de Mato Grosso'. Aquilo ficou um pouco entalado na nossa garganta, devia um pouco a Mato Grosso do Sul. E Mato Grosso do Sul, a rima é muito difícil fazer, e fugir do céu azul e Cruzeiro do Sul, mas agora conseguimos. Acho que alcançamos um resultado simples, bonito e que passou nossa emoção", ressaltou o cantor.

 

Co-autor da música Coração do Brasil, Paulo Simões assistiu ao show na plateiaCo-autor da música Coração do Brasil, Paulo Simões assistiu ao show na plateia
(Leca Assessoria Vice-Governadora)(Leca Assessoria Vice-Governadora)

"Coração do Brasil" nasceu de mais uma parceria com Paulo Simões e foi feita especialmente para o aniversário do Estado, celebrado no dia 11 de outubro. Com letra simples e melodia característica das canções de Almir Sater, a composição foi criada há mais ou menos dois meses, depois de um convite da Secretaria de Cultura do Estado.

"Desliguei o telefone e a música veio pronta, sentei com o Simões, peguei umas ideias que ele já tinha, e ela veio facilmente. É uma música muito simples, que pra gente foi fácil, pra gente que ama esse Estado, que gosta daqui", detalhou Almir.

Paulo Simões chegou ao Palácio Popular da Cultura pouco antes de o show começar, acompanhado da esposa. Simpático e atencioso, ele atendeu a imprensa, abraçou amigos e cumprimentou admiradores. Em meio à plateia, ele assistiu ao show de Almir em pé, próximo à entrada do teatro. E a cada vez que era citado lá do palco, o que ocorreu muitas vezes durante a noite, o compositor sorria e acenava com a cabeça.

Sobre o resultado da composição e a expectativa gerada em torno dela, para que seja um novo hino não oficial do Estado, os parceiros compartilham a mesma opinião. "É como gerar um filho, a gente nunca sabe como ele será quando nascer, e assim é a música. Depois que nasce, toma caminhos próprios. É o coração das pessoas que repercute uma criação dessa", diz Simões.

A composição foi um presente que os dois deram a Mato Grosso do Sul, pelos 40 anos desde a divisão de Mato Grosso. "Foi um Estado que fez tanto por mim, que respeita meu trabalho e incentiva arte, fiz de coração", declarou Almir Sater.

Segundo o secretário de Cultura do Estado, Athayde Nery, o show foi marcado em cima da hora por causa das agendas que precisavam bater. "Precisávamos da mesma data do governador, do Almir Sater e do Palácio, só conseguimos fechar na semana passada", afirma. 

Athayde também explicou que o show foi limitado a um número restrito de convidados, e não aberto ao público sul-mato-grossense em geral, porque o espaço físico do Centro de Convenções não permitia.

Confira a letra de "Coração do Brasil":

"40 anos, tanto já se passou

Mas ainda me lembro quando uma nova estrela brilhou

Eu vi nascer Mato Grosso do Sul

40 aos, tanta água rolou

Veio gente de fora, e com o povo daqui se juntou

E vi crescer Mato Grosso do Sul

40 anos, da semente saiu

uma árvora inteira e nessa terra boa floriu

e se fez Coração do Brasil

40 anos, muitos outros virão

Seus filhos e filhas, por nossas trilhas se encontrarão

no Coração do Brasil

40 anos, a semente floriu!

40 anos, Coração do Brasil!"




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.