A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

08/04/2019 12:28

Após dias de casa cheia, espetáculo “Poracê – O outro de nós” volta em abril

Espetáculo traz um sistema de ingressos alternativo: você assiste ao espetáculo e ao final da apresentação contribui de forma voluntária

Thailla Torres
 ‘Poracê – O Outro de Nós’, dentro da ‘Temporada Quanto Custa?’. (Foto: Jackeline Mourão) ‘Poracê – O Outro de Nós’, dentro da ‘Temporada Quanto Custa?’. (Foto: Jackeline Mourão)

A Cia Dançurbana reapresenta o espetáculo ‘Poracê – O Outro de Nós’, dentro da ‘Temporada Quanto Custa?’, projeto com modelo de ingresso alternativo em que público paga o quanto quiser.  A programação está prevista de 12 a 14 de abril, às 18h30, na Casa de Ensaio.

O evento começa com apresentação do músico Gilson Espíndola, exposição de artesanato de Vanderson Avalhares e participação do Vega's Food. Em seguida, às 19h30, a companhia apresenta o espetáculo.

A Cia Dançurbana estreou a temporada deste ano com o espetáculo ‘Poracê – O Outro de Nós’ em março e a procura do público foi tão grande que o grupo resolveu fazer novas apresentações.

A procura do público foi tão grande que o grupo resolveu fazer novas apresentações. (Foto: Jackeline Mourão)A procura do público foi tão grande que o grupo resolveu fazer novas apresentações. (Foto: Jackeline Mourão)

Do Nheengatu, a palavra ´Poracê´, significa dança indígena de celebração ou baile, arrasta-pé. ´Poracê – O outro de nós´ é um espetáculo sobre a força do conjunto, uma celebração de estar em comunidade e dos laços com o território. Em cena, experimentando corpos e sons imaginados, os intérpretes propõem formas diversas de ser e estar no mundo. Provocados por três coreógrafos com experiências distintas, os intérpretes-criadores Adailson Dagher, Ariane Nogueira, Livia Lopes, Maura Menezes, Rose Mendonça e Thiago Mendes, também diferentes entre si, investigam suas identidades, nomes, origens e relações com o lugar onde vivemos: Mato Grosso do Sul. O trabalho reflete questões de diversidade, do pertencimento ao lugar, do encontro de fronteiras, da pluralidade de culturas e linguagens que nos atravessam.

Do Nheengatu, a palavra ´Poracê´, significa dança indígena de celebração ou baile, arrasta-pé. (Foto: Jackeline Mourão)Do Nheengatu, a palavra ´Poracê´, significa dança indígena de celebração ou baile, arrasta-pé. (Foto: Jackeline Mourão)
´Poracê – O outro de nós´ é um espetáculo sobre a força do conjunto, uma celebração de estar em comunidade e dos laços com o território. (Foto: Jackeline Mourão)´Poracê – O outro de nós´ é um espetáculo sobre a força do conjunto, uma celebração de estar em comunidade e dos laços com o território. (Foto: Jackeline Mourão)

Quanto custa? - A ‘Temporada Quanto Custa?’ traz um sistema de ingressos alternativo, o “Pague Quanto Quiser”. Funciona assim: você assiste ao espetáculo e ao final da apresentação contribui de forma voluntária com o valor que quiser e puder. |Uma proposta da companhia para que as produções artísticas estejam ao alcance de todos e a arte consiga levar o público a reflexão e ao diálogo sobre o valor da cultura.

Com 17 anos de história, a Cia Dançurbana conta com uma equipe de 12 profissionais, entre diretor, produtor e intérpretes-criadores, que trabalham diariamente com criação de espetáculos, realização de apresentações e oficinas de dança.

As apresentações serão nos dias 12, 13 e 14 de abril, sempre às 19h30, na Casa de Ensaio, localizada na Rua Visconde de Taunay, 203, Bairro Amambaí.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.