A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

28/04/2018 11:48

Ator e humorista Agildo Ribeiro morre aos 86 anos no Rio de Janeiro

Primeiro a dar vida a João Grilo, do “Auto da Compadecida”, comediante fez carreira na TV em alguns dos programas de humor mais assistidos do país

Humberto Marques
Agildo, durante quadro do Zorra; humorista faleceu em casa aos 86 anos. (Foto: TV Globo/Divulgação)Agildo, durante quadro do "Zorra"; humorista faleceu em casa aos 86 anos. (Foto: TV Globo/Divulgação)

O ator e humorista Agildo Ribeiro morreu na manhã deste sábado (28), aos 86 anos, em sua residência no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. Ele sofria de problemas cardíacos.

Com os trabalhos mais recentes registrados na TV Globo –em quadros nos programas “Tá no Ar” e “Zorra Total”–, Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho foi conhecido como “Capitão do Riso”. Nascido no Rio em 1932 e filho de um revolucionário comunista, foi educado em colégio militar e, antes da carreira artística, trabalho como telefonista.

Como muitos artistas de sua época, começou no rádio e teve passagens pelo teatro, mas se tornou conhecido pela atuação na TV: no fim da década de 1960 dividia a tela com o ratinho Topo Gigio, para poucos anos depois ganhar destaque nem “O Planeta dos Homens” e nos programas próprios –o “Estúdio A... gildo” e “Agildo no País das Maravilhas”, na extinta TV Manchete –onde repetiu a fórmula de Topo Gigio e contracenava com bonecos em quadros marcados também por críticas à sociedade e à política brasileira. Também teve destaque na “Escolinha do Professor Raimundo”, da TV Globo.

Agildo foi o primeiro ator a interpretar João Grilo, personagem central de “O Auto da Compadecida”, de Ariano Suassuna. No cinema, teve como últimos trabalhos os filmes “O homem do ano” (2003) e “Casa da Mãe Joana” (2008). Em março de 2018, foi homenageado no Prêmio do Humor, idealizado e apresentado por Fábio Porchat.

 

Cena de Topo Gigio, programa que fez história na TV brasileira e teve a presença de AgildoCena de Topo Gigio, programa que fez história na TV brasileira e teve a presença de Agildo

“Costumo dizer que é muito mais fácil você fazer um papel sério do que fazer um papel cômico, um papel engraçado”, disse em 2008 o comediante, durante lançamento de “Casa da Mãe Joana”. “Toda semana eu tenho que fazer gracinhas no ‘Zorra’; eu tenho de criar, tenho de puxar”. Agildo fez parte da reformulação do humorístico da TV Globo.

O humorista teve vários casamentos, incluindo com as atrizes Marília Pera e Consuelo Leandro. O último foi o mais longevo, estando 35 anos ao lado da atriz Didi Barata Ribeiro, que faleceu em 2009.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.