ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 22º

Artes

Ator Paulo Pereio morre no Rio, aos 83 anos

Conhecido pela voz potente na publicidade e presença marcante nos cinemas e TV

Por Ângela Kempfer | 12/05/2024 17:23
O autor em foto de 2021, postada nas redes sociais dele. (Foto: reprodução)
O autor em foto de 2021, postada nas redes sociais dele. (Foto: reprodução)

Um dos rostos mais conhecidos da dramaturgia brasileira, o ator Paulo César Pereio morreu neste domingo aos 83 anos. Ele vivia no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro, desde 2020, quando começou a pandemia da covid-19.

A causa da morte não foi divulgada, mas segundo os portais cariocas de notícia, ele tratava doença hepática grave e também quebrou o fêmur há duas semanas. Na madrugada de hoje, passou mal e foi internado às pressas no Hospital Casa São Bernardo, onde faleceu.

Pereiro estreou no cinema em 1964, no filme Os Fuzis, dirigido por Ruy Guerra. No currículo estão outros 60 filmes, muitos dos tempos da pornochanchada, outros de vanguarda, como dirigidos por Glauber Rocha, Arnaldo Jabor, Hugo Carvana e Hector Babenco. A fama diante do grande público veio em novelas globais como Partido Alto, Roque Santeiro e Salvador da Pátria.

Quem não lembra do rosto, com certeza reconhece a voz, por ser um dos narradores preferidos dos publicitários brasileiros, pela força na voz.[

Pereio nasceu no Rio Grande do Sul, em Alegrete, ao 12 anos foi com a família para Porto Alegre onde ao lado Paulo José e Lilian Lemmertz integrou o Teatro de Equipe, um grupo de atores que marcou o teatro gaúcho nos anos 1950.

Nos siga no Google Notícias