A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

29/09/2018 07:50

Fotógrafo também de RuPaul's passa por aqui e registra super produção de drags

A estrutura da fotografia é simples, com fundo branco, mas encantam com as cores e a criatividade das artistas

Thailla Torres
Andrômeda Black, uma das artistas clicada por Fernando Cysneiros. (Foto: Fernando Cysneiros)Andrômeda Black, uma das artistas clicada por Fernando Cysneiros. (Foto: Fernando Cysneiros)

O Instagram do fotógrafo Fernando Cysneiros, de 25 anos, é um universo drag. Desde 2016, após muitos trabalhos comerciais com a fotografia, ele decidiu dar novos rumos à profissão registrando artistas drag queens brasileiras. A iniciativa fez tanto sucesso nas redes sociais que Fernando clicou até as drags de seriado internacional RuPaul’s. Agora seu olhar passou por Campo Grande e deixou registrada a beleza de mais de 30 artistas daqui.

 

Lolla Milan. (Foto: Fernando Cysneiros)Lolla Milan. (Foto: Fernando Cysneiros)
Hillary Messady. (Foto: Fernando Cysneiros)Hillary Messady. (Foto: Fernando Cysneiros)

O projeto se chama The Drag Series e já passou diversas regiões do País. Em Campo Grande ele veio com o apoio da casa noturna Sis Lounge que há anos abre espaço para visibilidade e representatividade das drags na Capital.

A estrutura da fotografia de Fernando é bem simples, sem a necessidade de um cenário mirabolante. Com um fundo branco, o espaço é preenchido com as cores e a versatilidade dos artistas, que não poupam esforços para mostrar o que há de melhor.

Assim, uma fotografia por semana é divulgada no Instagram do projeto e o mundo passa a conhecer a beleza e os encantos de uma arte que exige muita, mas muita, dedicação.

Para cada ensaio, Fernando se dedica a pesquisar os artistas e a cena local, em busca de saber quem são as drags de maior sucesso na região. Mas em Campo Grande o que não faltou foi talento, garante o fotógrafo. “Foram mais de 30 drags, também carinhosas e simpáticas”.

Lunna Kolt. (Foto: Fernando Cysneiros)Lunna Kolt. (Foto: Fernando Cysneiros)
Anna Burton. (Foto: Fernando Cysneiros)Anna Burton. (Foto: Fernando Cysneiros)

Fernando é nascido em Recife e um apaixonado pela fotografia desde a infância. “Ganhei minha primeira câmera aos 12 anos. Na adolescência fotografava as amigas na escola e vivia marcando sessões para passar o tempo. Mas profissionalmente comecei em 2012”.

Mas o The Drag Series tornou-se o ponto alto da profissão, não só para enaltecer a beleza e o talento, mas como símbolo de resistência para provar que ser drag é uma arte e uma maneira de expressar. “Um dos meus objetivos é que a plataforma cresça o suficiente para alcançar não apenas quem já está familiarizado com a arte, mas os que não conhecem e que não entendem. A ideia é mostrar esse trabalho artístico e quem sabe mudar algumas cabeças”.

E como diversidade é característica principal da arte drag, em Campo Grande, as artistas arrasaram nos looks e nas transformações. “Por um lado, a cultura drag está cada vez mais universal, ou seja, muita gente que bebe da mesma fonte, como RuPaul’s Drag Race. Mas toda cidade que visitei tem uma cena muito diversa com vários drags diferentes”.

Fernando também já fotografou Pabllo Vittar, Gloria Groove, Aretuza Lovi, Lia Clark e Lorelay Fox, além de internacionais que participaram do reality RuPaul’s Drag Race como Aja, Kim Chi, Katya, Adore Delano, Alyssa Edwards e BenDeLaCreme.

Quem quiser acompanhar as drags, basta seguir o perfil no Instagram.

Tabata James. (Foto: Fernando Cysneiros)Tabata James. (Foto: Fernando Cysneiros)
Jhannine Perry. (Foto: Fernando Cysneiros)Jhannine Perry. (Foto: Fernando Cysneiros)
Roxxy Queenie. (Foto: Fernando Cysneiros)Roxxy Queenie. (Foto: Fernando Cysneiros)
(Foto: Fernando Cysneiros)(Foto: Fernando Cysneiros)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.