ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  24    CAMPO GRANDE 29º

Artes

“Voz do Milênio”, Elza Soares morre aos 91 anos e deixa recado de “basta”

Elza morreu em casa, segundo a equipe, por causas naturais; ironicamente, no mesmo dia do ex-marido Garrincha

Por Ângela Kempfer | 20/01/2022 16:29
Cantora e compositora, Elza é ícone de força. (Foto: Facebook)
Cantora e compositora, Elza é ícone de força. (Foto: Facebook)

Há poucos minutos, a equipe de Elza Soares anunciou nas redes sociais a morte da cantora e compositora, aos 91 anos. Ela faleceu às 15 horas e 45 minutos, em casa, no Rio de Janeiro. Segundo a assessoria, “por causas naturais”.

“Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação. A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”, postou a equipe em nome da família.

Ironicamente, a mulher de voz potente morreu no mesmo dia de quem considerava o amor da vida dela, o craque Garrincha, falecido em 20 de janeiro de 1983.

Garrincha e Elza em 1964. (Foto: Arquivo)
Garrincha e Elza em 1964. (Foto: Arquivo)

Na virada de 2022, Elza chegou a falar da a felicidade com “um ano novinho chegando e espero que seja de muito amor, saúde e respeito para todes”, usando a polêmica linguagem neutra, sem distinguir o feminino do masculino.

“Estou muito animada com a volta aos palcos e com essa agenda linda de shows que já estão programados pra vocês. Olha que tem muita novidade! Nos vemos em breve my loves”, avisou.

A última apresentação da cantora e compositora aqui em Mato Grosso do Sul foi em 2016, no Festival de Inverno de Bonito.

Dias 16 e 17 deste mês estava programada a gravação do DVD ao vivo de Elza, no Teatro Municipal de São Paulo. Mas a equipe não divulgou se o trabalho chegou a ser finalizado.

Outros planos para 2022 era lançamento de álbum gravado em estúdio no ano passado, o primeiro de Elza desde Planeta fome (2019).

O próximo show seria dia 3 de fevereiro e a agenda já estava com datas fechadas até agosto de 2022.

Elza começou a cantar com o pai aos 5 anos e a primeira apresentação foi aos 13 anos, no programa de calouros da antiga Rádio Tupi. A vida não foi nada fácil, aos 12 anos foi forçada a se casar e com 13 já era mãe.

A família era contra a carreira artística e a pobreza persistiu. Com meros 21 anos, Elza já havia velado dois filhos e também o primeiro marido.

Com a retomada como cantora, logo a voz potente ganhou fãs. Já no auge do sucesso, se apaixonou por Garrincha, que era casado. Foi perseguida como "amante" do jogador, que se separou, casou com Elza e os dois tiveram um filho.

Depois de 15 anos de relação turbulenta, os dois se separaram. Garrincha abusava do álcool e bateu tantas vezes na mulher que chegou a quebrar os dentes dela. O jogador morreu de cirrose há 40 anos. Sobre o ex-marido, Elza costumava dizer: “Como toda pessoa que sofre dessa doença terrível, ele se alterava quando bebia. Ele era o médico e o monstro.”

Então, na despedida, fica um dos principais recados de Elza Soares às mulheres:


Nos siga no Google Notícias