A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

07/10/2019 07:10

Amor que nasceu em página de segredos teve casamento feliz com pula-pula

Longe das formalidades, Amanda e Leonardo resolveram casar no quintal de casa e de um jeito bem divertido.

Thailla Torres
Pula-pula foi atrativo principal de casamento realizado no quintal de casa. (Foto: Dick Arruda) Pula-pula foi atrativo principal de casamento realizado no quintal de casa. (Foto: Dick Arruda)
Casal optou por abandonar as formalidades. (Foto: Dick Arruda) Casal optou por abandonar as formalidades. (Foto: Dick Arruda)

Do namoro ao casamento, Amanda e Leonardo correram das tradições. Eles formam mais um casal que começou na internet, com aquele tipo de história de amor improvável que até agora deu certo. E há pouco tempo disseram “sim” longe dos padrões de uma cerimônia com vestido branco ou lista gigante de formalidades. O mais especial foi a decoração colorida e o pula-pula exclusivo para adultos se divertirem até o final da festa.

Eles se conheceram no Facebook. Ele cursava Turismo e ela Análise de Sistemas. Alguns acadêmicos criaram a página “Segredos da UFMS” que fala sobre a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul com postagens anônimas e foi ali que tudo começou. “Um dia Leonardo postou um segredo procurando companhia feminina para assistir 'La La Land' e comer batata recheada”, conta a auxiliar administrativa Amanda Magalhães da Costa, de 24 anos.

Ela respondeu o comentário topando a investida, mas jura que não levou muito a sério. Dias depois ele a chamou na rede social. “Conversamos por alguns dias até que marcamos um cinema. Nos conhecemos pessoalmente em fevereiro de 2017 e não nos desgrudamos mais”.

Decoração foi feita pela própria família. (Foto: Dick Arruda) Decoração foi feita pela própria família. (Foto: Dick Arruda)
Noiva se arrumou em casa. (Foto: Dick Arruda) Noiva se arrumou em casa. (Foto: Dick Arruda)
E os dois se encontraram antes do sim. (Foto: Dick Arruda) E os dois se encontraram antes do sim. (Foto: Dick Arruda)

Nunca houve pedido de namoro formal, mas também não foi preciso. Amanda mudou para Campo Grande recentemente, antes do casamento. Antes ela morava em Bandeirantes, a 70 quilômetros da Capital e parte do namoro foi à distância.

“No final do ano passado viajamos para São Paulo para o Ano Novo e ele me pediu em casamento na virada. Foi um pedido lindo e completamente inesperado. Estamos juntos há 2 anos e 7 meses”.

Inicialmente, ela e Leonardo da Silva Omido, de 21 anos, queriam uma festa de casamento tradicional, porém em um local aberto, com ele de bermuda e ela de vestidinho leve, os dois descalços e cerimonial eficiente. Mas sabiam que o orçamento não seria apenas para a festa, então decidiram fazer apenas uma reunião no quintal de casa.

O que seria um jantarzinho para 20 pessoas virou uma festa com fotógrafo e bartender para atender 60 convidados. Mesmo assim, o casal, fora dos padrões, optou pela simplicidade, desde a decoração da mesa, até as diversões da festa.

“Tudo foi organizado por nós e principalmente pela minha cunhada Kamila Omido. Ela cuidou de toda a decoração, dos convites, preparativos. E ficou tudo muito mais próximo da gente, diferente de contratar alguém que não conhece nosso jeito”, lembra.

Festa foi divertida com os amigos. (Foto: Dick Arruda) Festa foi divertida com os amigos. (Foto: Dick Arruda)
E não faltou disposição para dança. (Foto: Dick Arruda) E não faltou disposição para dança. (Foto: Dick Arruda)
Até o cachorrinho da casa participou da festa. (Foto: Dick Arruda) Até o cachorrinho da casa participou da festa. (Foto: Dick Arruda)
Amigos se soltaram na varanda. (Foto: Dick Arruda) Amigos se soltaram na varanda. (Foto: Dick Arruda)

O diferencial começou pelas roupas coloridas que são a cara do casal, e seguiu no pula-pula, o maior atrativo da festa. “Sempre falávamos brincando, quando íamos em festas de criança, que adulto poderia ir no pula-pula. Foi quando tivemos a ideia de alugar um especificamente para adultos. Nós pulamos muito e alguns amigos que estavam lá também”.

Os detalhes simples, com o vestido verde e a decoração feita pela própria família tornaram o momento mais especial. “Foi uma festa intimista, mas estávamos entre os amigos e família, que estão ao nosso redor no dia a dia. Isso superou demais as nossas expectativas”.

E olha que mesmo no quintal de casa, a correria foi grande. “A família se empenhou muito, mas teve correria parar comprar as coisas, e estava faltando potinho, de repente cadê o granulado do brigadeiro? O abacate do guacamole ainda estava verde e bateu o desespero. Mas deu tudo certo”.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.