A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

28/04/2018 07:50

Aos 3 anos, Sophie só pode voltar para casa se conseguir 42 mil para aparelho

Menina está internada na Santa Casa por complicações após 3 paradas cardíacas

Thaís Pimenta
Sophie está há mais de um mês internada na Santa Casa e conta com ajuda de aparelhos para respirar. (Foto: Acervo Pessoal)Sophie está há mais de um mês internada na Santa Casa e conta com ajuda de aparelhos para respirar. (Foto: Acervo Pessoal)

Aos 3 anos, a pequena Sophie Moura Vilela vive na cama. Sofreu duas paradas cardíacas e agora só consegue respirar por meio de aparelhos. Por isso, segue há mais de um mês internada na Santa Casa de Campo Grande. 

Segundo a família, tudo aconteceu depois de uma sucessão de erros de avaliação. "Minha filha foi internada com pneumonia e depois de tratada, o médico a liberou para voltar para casa. Só que nesse momento ela voltou a passar mal. A levamos no posto mais próximo de casa e, sem pediatras, como de costume, o médico plantonista demorou a entubá-la, achando que era exagero ou brincadeira da nossa parte a gravidade da situação que relatávamos", diz o pai, Cleiton dos Santos.

No hospital, a menina corre o risco de infecções frequentes e o quadro só piora. O equipamento que permite que Sophie volte para casa teria de ser liberado pelo SUS, mas como tudo no sistema público, não há previsão para que o aparelho seja comprado.

Por isso, a família está em busca de doações e decidiu promover um churrasco dançante no dia 10 de junho, com entrada a R$ 20,00.

O valor do aparelho, o ventilador hospitalar que a família tenta comprar, é de R$ 42 mil. "Internada, ela já passou por infecções e a tendência é sempre ter nova infecção. Se ela sair da Santa Casa sem os aparelhos, morre, mesmo com os cuidados de home care que o SUS nos cede, com médico, fisioterapeuta e enfermeiro".

A mãe, Elidia, teve que abandonar o emprego para ficar em função da filha. O pai não pode parar de trabalhar e tem se dividido nos cuidados até então. "Continuo com meu trabalho de serralheria, tenho uma pequena chácara nos fundos de casa e estamos nos virando", finaliza ele.

Quem quiser ajudar pode comprar ingressos para o churrasco entrando em contato pelo telefone (67) 98224-0006 ou doar pelo link ou pela conta poupança da Caixa Econômica Federal, agência 1464. Op: 013 e  C/P: 28352 - 3. 

Curta o Lado B no Facebook  e no Instagram.

 

Aos 3 anos, Sophie só pode voltar para casa se conseguir 42 mil para aparelho


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.