ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Comportamento

Após 10 anos de união, Daiane e Everton casam dentro da UTI

Everton lida com um câncer e precisou ser internado, assim, casamento foi oficializado no hospital

Por Bárbara Cavalcanti | 27/09/2021 07:04
Everton e Daiane no dia do casamento, que aconteceu na UTI. (Foto: Arquivo Pessoal)
Everton e Daiane no dia do casamento, que aconteceu na UTI. (Foto: Arquivo Pessoal)

Daiane Elina Gomes dos Santos, de 27 anos, e Everton Martinez, de 26 anos, estão juntos há uma década, mas ainda não tinham tido um casamento oficial. No último fim de semana, o casal então oficializou o matrimônio dentro da sala de UTI do Hospital Cassems de Dourados, onde Everton está internado por lidar com um câncer. “Enquanto ele respirar, eu vou mostrar pra ele que eu estou do lado dele”, declarou Daiane.

A luta contra a doença começou no ano passado. “O tipo de câncer que ele tem, faz com que ele sangre muito, então, acaba que ele precisa ser internado para transfundir sangue. Ele já passou, inclusive, por algumas cirurgias”, detalha Daiane.

Mãos de Daiane e Everton com as alianças de casados. (Foto: Arquivo Pessoal)
Mãos de Daiane e Everton com as alianças de casados. (Foto: Arquivo Pessoal)

A última internação de Everton aconteceu há algumas semanas. No aniversário de Daiane, no dia 20 de setembro, o casal só conversou por vídeo chamada. “Ele me disse que queria estar comigo e aquilo me tocou muito”, expressou Daiane. E foi com isso em mente, que Daiane fez o “pedido de casamento” para Everton e os dois decidissem formalizar a união naquela mesma semana, no hospital.

O casal então trocou os votos e alianças na sala de UTI do hospital no último dia 24 de setembro. Com a ajuda da assistência social, tudo foi organizado para acontecer no leito de Everton. Toda equipe médica e de enfermagem, além da mãe de Everton, comparecerem para o casório. Os funcionários do cartório fizeram a oficialização por vídeo chamada.

Mãe de Everton e o casal no dia do casamento. (Foto: Arquivo Pessoal)
Mãe de Everton e o casal no dia do casamento. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu queria mostrar o quanto eu amo ele, o quanto eu preciso dele e o quanto ele é minha família”, declara Daiane, com a voz embargada. “Se eu pudesse voltar no passado, mesmo sabendo de tudo que a gente passaria juntos, eu escolheria ele mil vezes, sem nem pensar”, expressa.

Everton segue internado devido a mais uma cirurgia que precisou fazer no fim de semana. E Daiane continua firme ao lado dele. “Enquanto ele estiver batalhando de lá, eu estarei junto com ele na batalha daqui. Eu estarei sempre ao lado dele”, reforça.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário