ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 22º

Comportamento

Após 45 anos, Inez ganhou “abraço mais gostoso do mundo” e casou

“Eu sabia que ia ficar com ele para o resto da vida”, diz Inez, quando reencontrou amigo de infância na rua

Por Thailla Torres | 18/01/2022 07:36
Ensaio de pré-casamento que os dois fizeram recentemente. (Foto: Paulo Roberto)
Ensaio de pré-casamento que os dois fizeram recentemente. (Foto: Paulo Roberto)

Quarenta e cinco anos separaram uma amizade de infância em Sidrolândia de um abraço forte e caloroso na Avenida Bom Pastor, em Campo Grande, que terminou em casamento. Essa é a história dos aposentados Inez de Avila Afonso e Guilherme Afonso.

Os dois têm 65 anos, nasceram em Sidrolândia, cresceram por lá e ficaram amigos. Guilherme era mais amigo do irmão de Inez. Apesar da mesma idade, na adolescência, Inez lembra que era mais madura que Guilherme, “ele ainda gostava mesmo só de jogar bola”. Por isso, nunca a amizade deu um segundo passo naquela época.

“Estudamos até terminar o antigo ginásio em 1973. Em 1974, nos separamos de vez. Apesar de muito nova, me casei aos 17 anos e fui embora de Sidrolândia. Primeiro, vim para Campo Grande, depois, parti para o Mato Grosso”.

Os dois casaram, tiveram filhos e viveram 45 anos distantes um do outro, sem qualquer contato. Há 10 anos, Inez se divorciou e Guilherme, há sete, também assinou os papéis do divórcio.

Foto da escola que os dois guardam quando eram da mesma turma. (Foto: Arquivo Pessoal)
Foto da escola que os dois guardam quando eram da mesma turma. (Foto: Arquivo Pessoal)

Quando o tempo parecia ter passado demais para dar mais uma chance ao amor, eis que as redes sociais surgem na vida de Inez, que nem se importava muito com a internet, mas resolveu abrir um Facebook em 2019.

“Um dia, abri minha página e lá estava o nome dele. Mandei um convite e ele aceitou. No mesmo dia, ele respondeu, começamos a conversar, trocamos WhatsApp. Nesse tempo, eu me aposentei, minha mãe ficou doente, meu pai é idoso e eu resolvi voltar para Campo Grande”.

Chegando aqui, Inez resolveu marcar um encontro com ele em um restaurante na Avenida Bom Pastor. No dia do encontro, assim que Inez olhou para Guilherme 45 anos depois, não teve dúvidas.

Quando eu o vi do outro lado da rua, eu sabia que ia ficar com ele para o resto da vida. Atravessei a Bom Pastor e dei o abraço mais gostoso da minha vida”.

Daquele dia em diante, Guilherme e Inez não se desgrudaram. Ela veio do Mato Grosso do Sul com uma mala, uma aliança de namoro no dedo e a certeza que valia a pena dar mais uma chance ao amor.

Os dois casaram com festa intimista no dia 28 de dezembro. (Foto: Paulo Roberto)
Os dois casaram com festa intimista no dia 28 de dezembro. (Foto: Paulo Roberto)

Em 2021, os dois decidiram oficializar a união. Com apoio de ambas as famílias, os dois se animaram em fazer uma festa de casamento, que foi realizada no dia 28 de dezembro, às vésperas do Ano-Novo, para que toda a família pudesse estar presente.

Os filhos fizeram um túnel para entrada dos pais em uma cerimônia intimista no espaço Recanto do Sabiá. O irmão de Inez celebrou o casamento e ela escolheu músicas que marcaram a vida pra fazer parte da cerimônia.

Sobre dar uma chance para o amor depois de anos de casamento, um divórcio e depois dos 60 anos, Inez dá uma dica “Tem coisas que a gente não escolhe e precisamos entender isso. Pelo visto, era pra nos encontrarmos só agora mesmo, depois de amadurecidos. Aos 65 anos, voltamos a sorrir, sentimos que rejuvenescemos juntos”, finaliza.

Casal ao lado do pai de Inez, que vai completar 98 anos de vida. (Foto: Paulo Roberto) 
Casal ao lado do pai de Inez, que vai completar 98 anos de vida. (Foto: Paulo Roberto)

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias