ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 20º

Comportamento

Após 50 dias de UTI, família faz vaquinha pela vida de jornalista

Formada na UFMS, Talitha foi diagnosticada com uma doença autoimune e ficou 50 dias na UTI

Por Thailla Torres | 28/02/2022 12:35
De acordo com a campanha, Talitha teve um quadro de crises convulsivas no dia 19 de dezembro de 2021 e permaneceu na UTI por mais de 50 dias.
De acordo com a campanha, Talitha teve um quadro de crises convulsivas no dia 19 de dezembro de 2021 e permaneceu na UTI por mais de 50 dias.

“A Talitha é uma mulher de muita garra e força”. Assim inicia a campanha pela vida e recuperação da jornalista Talitha Moya, conhecida na comunicação sul-mato-grossense, que foi diagnosticada com doença autoimune e permaneceu mais de 50 dias em coma na UTI (unidade de Terapia Intensiva).

Agora, a família realiza uma vaquinha para arrecadar grana que possa auxiliar no tratamento.

De acordo com a campanha, Talitha teve um quadro de crises convulsivas no dia 19 de dezembro de 2021 e permaneceu na UTI por mais de 50 dias. O diagnóstico médico é de encefalite autoimune. Uma enfermidade em que o próprio corpo causa inflamação no cérebro.

Talitha recentemente acordou e agora, luta para se recuperar. Em dois meses de internação, ela teve convulsões, perda de tônus muscular, passou por traqueostomia e utiliza sonda para alimentação.

Os recursos obtidos com a vaquinha virtual serão para custear despesas do tratamento, como cuidador, exames, estrutura, medicações e profissionais necessários para a recuperação de Talitha.

Quem quiser contribuir pode doar pela vaquinha virtual (clique aqui) ou fazer uma transferência no PIX 12960442890 (CPF).

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias